BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Susam já contratou mais de 2,5 mil técnicos de enfermagem


A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) chegou nesta quinta-feira (16/01) ao número de 2.534 contratações de técnicos de enfermagem que já atuam nas unidades de saúde por empresas terceirizadas. A contratação direta desses profissionais, que iniciou no último dia 08, encerra-se nesta sexta-feira (17/01).

A contratação direta de técnicos está sendo feita das 8h às 17h, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques. A Susam reforça que a contratação é específica para técnicos que atuam nas unidades por empresas terceirizadas que prestam serviço para o Estado.

Nesta quinta-feira, penúltimo dia de trabalho da força-tarefa montada pelo Governo do Amazonas para realizar as contrações, foram realizados 263 atendimentos pelo setor jurídico e pelo departamento de Recursos Humanos da Susam.

“O principal critério para ser contratado é ter trabalhado até o mês de dezembro para alguma das empresas terceirizadas. Caso o profissional não se encaixe, a contratação não ocorre”, explica o secretário de Saúde, Rodrigo Tobias.

Os técnicos de enfermagem precisam se encaminhar ao Vasco Vasques no horário fora de seus plantões. O contrato será em Regime Especial Temporário (RET). O embasamento para a medida é a Lei 2.607/2000 e suas alterações aprovadas pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2019. A legislação dispõe sobre a contratação de pessoal por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

A lista de documentos e a ficha de cadastro para a contratação podem ser obtidas no site da Susam (www.saude.am.gov.br).

A contratação direta dá início ao processo de redução gradativa de serviços de mão de obra terceirizada na saúde e também segue a lógica de reordenamento do quadro de Recursos Humanos do órgão, que passa por um recadastramento feito pela Sead com todos os servidores.

A medida trará importantes ganhos, entre eles economia para o Estado. A estimativa é de redução de 30% no gasto com pessoal; maior salário para os profissionais, com pagamento de salário em dia; e prestação de um melhor serviço à população.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.