Calendário

dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Sobre os autores

Mário Adolfo Aryce de Castro nasceu em Manaus, é jornalista profissional formado pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM)  e entrou para o jornalismo aos 15 anos desenhando história  em quadrinhos para o suplemento infantil A NOTICIAZINHA, do jornal A Notícia. Em 1976 foi contratado pelo jornal A CRÍTICA, onde foi repórter especial, cartunista e editor do suplemento infantil CURUMIM criado por ele, em 1983.

No ano de 1987 se transferiu para o jornal Amazonas em Tempo, onde entrou como repórter e logo em seguida assumiu os cargos de Editor Assistente, Editor Executivo e Diretor de Redação, posto onde permaneceu até  2016, quando se desligou do jornal.

Mário Adolfo é um dos mais premiados jornalistas de Manaus. Ganhou o  Prêmio Esso por duas vezes, em 1984 (A corrida do ouro no Amazonas) e 1997 (Expedição Quilombo).  Ganhou também o prêmio caixa Econômica de Jornalismo Social (1995), Menção Honrosa no prêmio Ayrton Senna (2000), Prêmio Confederação Nacional da Indústria (CNI) 2014 e Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo (2016).

O jornalista tem oito livros publicados — O Dia da Abertura (1979), O Que dá Pra Rir dá Pra Chorar (1984), Curumim o Último Herói da Amazônia (1992), A,E,I, Ópera (2000), Conversa Pra Boi Dormir (2001), Meu Bloco na Rua (2008), Meu Amigo Livro (2012) e Arthur Virgílio Filho – Perfil Parlamentar (2014).

Como compositor, Mário Adolfo ganhou o Festival de Marchinhas de Carnaval do Manaus Plaza Shopping de 2011, 2012 e 2013, além de ser autor de seis sambas-de-enredo para o G.R.E.S Andanças de Ciganos e de  14 marchinhas para a Banda Independente e Confraria do Armando (BICA), a mais tradicional banda carnavalesca de Manaus.

***

Mário Adolfo Filho é jornalista formado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e pós graduando em mídias digitais pela Faculdade Estácio. Atua desde 2003, quando começou como repórter do jornal O Estado do Amazonas. Em 2005 se transferiu para o jornal Correio Amazonense, atuando como repórter e editor de cadernos suplementares. No mesmo ano também integrou a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

Em 2007 foi para o jornal A Crítica, primeiro atuando como repórter de esportes e depois de cidades. De 2007 até 2010 também fez parte do quadro de servidores da Câmara dos Deputados, trabalhando como assessor parlamentar com base em Manaus. E neste mesmo período ainda foi correspondente local do Portal Terra.

Em 2008 transferiu-se para o jornal Diário do Amazonas, onde participou da criação do jornal popular DEZ Minutos como editor executivo. Em menos de um ano, o DEZ foi apontado pelo Instituto Verificador de Circulação (IVC) como o oitavo jornal mais vendido do Brasil e referência nas regiões Norte e Nordeste. Na mesma empresa também participou como colaborador da criação do Portal D24AM, hoje uma das referências no jornalismo online do Amazonas.

Deixou o DEZ em 2013 para trabalhar como editor auxiliar na Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) da Prefeitura de Manaus. Em dezembro de 2013 tornou-se subsecretário de Comunicação, passando a acompanhar mais de perto o trabalho do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB). Em 2016 coordenou a equipe de jornalismo da campanha de reeleição de Arthur, tendo sucesso. Voltou à Semcom, ainda como subsecretário e, posteriormente, como gestor de mídias sociais do poder executivo municipal.

Em outubro de 2016 deixou a Prefeitura de Manaus para se dedicar ao Blog do Mário Adolfo como editor-executivo e ao Portal Toda Hora, como diretor de redação.

Como jornalista também tem experiência na cobertura do Festival Folclórico de Parintins, onde já realizou mais de 15 coberturas – 10 anos como repórter em diversos veículos e três anos como chefe de equipe pela Rede Diário. Ama o jornalismo e é apaixonado pelo Botafogo.