BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Servidores da educação terão serviços de plano de saúde no interior do Amazonas


O governador Wilson Lima anunciou, nesta sexta-feira (28/08), que mais de 15,2 mil profissionais da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) terão acesso aos serviços do plano de saúde Hapvida no interior do Amazonas. O atendimento será feito em onze cidades-polo, que contemplarão profissionais da educação dos 61 municípios.

O anúncio foi feito durante live do governador e do secretário em exercício da Seduc, Luís Fabian, no Centro de Mídias (na zona sul de Manaus), com transmissão para o interior do estado e presença de deputados estaduais.

De acordo com Wilson Lima, a ampliação do atendimento para profissionais do interior está contemplada no contrato vigente com a Hapvida e não implica em novos gastos para o Estado.

“Essa ampliação não tem nenhum custo para o Estado e vai beneficiar mais de 15 mil professores e demais profissionais da área de educação. Essa era uma conquista, um pleito já antigo dos profissionais, inclusive também é uma bandeira levantada pela Assembleia Legislativa, e hoje a gente consegue concretizar esse pedido, que vai garantir a segurança na saúde desses profissionais que tanto doam e ajudam na construção do estado”, afirmou o governador.

Os serviços começam a ser oferecidos a partir de 5 de outubro, quando os profissionais já poderão agendar consultas e exames. A Seduc informará em breve os canais de agendamento.

“Antes os profissionais da área de educação que estavam no interior tinham que vir à capital para poder receber atendimento da Hapvida, agora vão poder receber no próprio município ou no município vizinho, onde o acesso é muito mais fácil, é muito melhor”, destacou o governador.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.