Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Revista britânica chama Bolsonaro de "maior ameaça no combate à covid-19 no Brasil"


Para a The Lancet, uma das revistas científicas mais prestigiadas do mundo, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro (sem partido) é a maior ameaça ao combate à covid-19 no Brasil. Na noite desta quinta-feira (7), o país atingiu 9 mil mortos e outros 135.106 infectados pela doença. As informações são da EXAME.

No editorial da próxima edição, que será publicada no dia 9 de maio, com o título “Covid-19 in Brazil: so what?”, a publicação repercute a frase de Bolsonaro na semana passada, quando ao ser perguntado sobre o número recorde de mortes em 24 horas no país, afirmou: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre”.

“Bolsonaro não só continua a semear a confusão ao desencorajar as medidas sensatas de distanciamento social e lockdown tomadas por governadores e prefeitos, mas também perdeu dois importantes e influentes ministros nas últimas três semanas”, diz o editorial.

A The Lancet define Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde, como “respeitado e querido” e Sergio Moro, ex-ministro da Justiça, como “uma das figuras mais poderosas do governo”.

Para a publicação, “tantos problemas no coração da administração é uma distração mortal no meio de uma emergência de saúde pública” e “um sinal de que a liderança do Brasil perdeu seu compasso moral, se é que já teve um”, completa.

Artigo será publicado neste sábado (9)
Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.