BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Relatório final da CPI decide pela inclusão do nome de Wilson Lima entre indiciados



O G7, grupo majoritário da CPI da Covid-19, decidiu pela inclusão do nome do governador do Amazonas Wilson Lima (PSL) na lista de pedidos de indiciamento no relatório final da CPI. Lima é réu em processo no Superior Tribunal de Justiça de desvio de verba que seria utilizada na compra de material médico que seria utilizado no enfrentamento da pandemia.

A inclusão de Wilson Lima entre os pedidos de indiciamento era um ponto não pacificado no grupo e o pedido partiu do senador Eduardo Braga (MDB-AM) que justificou elencando as peculiaridades da crise sanitária no Amazonas, um dos principais focos da pandemia. Diante do aceite ao pedido, Braga abriu mão de apresentar um voto em separado.

Esta alteração no texto foi acordada durante uma reunião do G7, na segunda (25), quando coube ao senador Otto Alencar (PSD-BA) o papel de conduzir um acordo.

“Quando deu 1h da manhã, eu botei o Omar para conversar com o Eduardo [Braga]. (…) O Omar entendeu direito a visão dele. Pelo que ficou de noite, o relatório vai constar o nome do governador e do secretário de saúde do Amazonas”, contou Otto Alencar.

Apesar da inclusão de Wilson Lima na lista de pedidos de indiciamento, o G7 não espera que o pedido de indiciamento de Lima surta efeito jurídico. “Nós todos achamos que colocar o governador não vai ter sustentação jurídica. Ele vai entrar pedindo a exclusão do nome dele”, antecipou o senador baiano.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.