BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

'Queria entender o porquê da Thelssy fazer isso comigo'


“Eu conhecia o rapaz. Eu jamais faria isso, cara. Eu não sei porquê a Thelssy está fazendo isso comigo. Eu queria entender porque que ela está fazendo isso comigo. Esse sei lá o que, ela, ele, estragou a minha vida, cara, com esse depoimento dela aí. Eu queria entender porque ela esta fazendo isso”. A frase é do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira, preso e suspeito de envolvimento na morte de Bruno Guimarães, 24, e na tentativa de homicídio do ex-funcionário Dhellison Freitas, a ‘Thelssy’.

O mandado de prisão preventiva tem validade de 30 dias. De acordo com o delegado do 31º DIP, Geraldo Elói, a polícia ainda está com as investigações sobre o caso em curso e o procedimento está em segredo de Justiça, e por isso não pode passar muitos detalhes sobre os trabalhos de investigação, mas informou, que em depoimento, Thelssy voltou a afirmar que os tiros foram efetuados por Givancir.

OUÇA O QUE DIZ GIVANCIR:

A mãe de Bruno, Adriana Freitas, além de ter afirmado que Givancir era suspeito pelos crimes, também declarou que o sindicalista chegou a ter um relacionamento amoroso com o sobrinho Thelssy.

O irmão do presidente do sindicato dos rodoviários, Josildo Oliveira, negou o envolvimento do irmão com a vítima. “Estão inventando para denegrir a imagem dele, mas não vão conseguir. Isso é impossível, quem conhece o Givancir sabe que isso é impossível.

VEJA GIVANCIR SENDO PRESO:

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.