Calendário

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Promessa do futebol amazonense escapa de incêndio no CT do Flamengo

O incêndio que matou dez jogadores da base do Flamengo no Rio de Janeiro na madrugada desta sexta-feira, 08/02, por pouco não teve uma vítima amazonense: Ryan Matheus, de 15 anos, que joga pelo Sub-15 do clube da Gávea decidiu não dormir nos alojamentos do Ninho do Urubu, como faz todos os dias desde que chegou ao Rio, em julho de 2018. Hoje, ele agradece a Deus pelo ‘livramento’, mas lamenta pela morte dos amigos.

“Eu sempre durmo lá. Treinamos de manhã, estudamos a tarde e à noite ficamos livres. Costumo dormir no CT, mas desta vez liguei para minha mãe e disse que gostaria de dormir em casa. Pela manhã acordei com várias mensagens e ligações perguntando se estava tudo bem comigo”, disse, em entrevista à rádio CBN Amazônia.

A mãe dele, Daniele, chorando muito, falou que está assustada até o momento e que se mudou com a o restante da família para a capital do Rio de Janeiro apenas no mês passado, em janeiro, o que motivou o filho a dormir em casa desta vez.

“Ele me ligou e disse que viria para casa à noite. Eu disse que era melhor ele vir na sexta-feira, depois do almoço. Mas ele insistiu, então chamei um Uber pra busca-lo. Isso foi um livramento de Deus. Lamento muito pelos outros meninos. O momento ainda é de muito desespero”, afirmou.

Carreira

O jovem jogador, que atua no meio campo, começou a jogar o futebol com 7 anos, no Sesi -Clube do Trabalhador, onde disputava torneios amadores e se consagrou como destaque na Copa Roraima de Futebol Sub-15, pela seleção amazonense.

Com o passar dos anos, o manauara foi se firmando no futebol local e, então, parte família decidiu mudar-se para o Estado do Rio de Janeiro, para a cidade interiorana de Xerém. “A minha mãe e meu irmão mais novo, vieram comigo no começo deste ano. Então consegui treinar no Tigres do Brasil. Foi aí que Paulinho Nascimento (olheiro) me viu jogando e me indicou ao Flamengo”, explicou a promessa manauara.

“Meu objetivo é me firmar no grupo e somar com meus companheiros. Quero ser convocado para a Seleção de base sub-15 e seguir treinando firme pra chegar bem no profissional”, diz Ryan.

*Com informações do Portal Tada Hora

Deixe uma resposta