BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Depois de prever o 11 de Setembro e a pandemia, búlgara Baba Vanga deixou escrita as previsões de 2021


Baba Vanga, a “Nostradamus dos Balcãs”, previu o surto de coronavírus em previsão de 1996, ano de sua morte. A revelação foi feita pela ex-treinadora de ginástica rítmica da Bulgária, Neshka Stefanova Robeva, de 73 anos. Ela esteve com a vidente e desde então virou sua seguidora. De acordo com Neshka, ela ouviu de Baba Vanga num encontro em 1996: “O corona estará sobre nós”.

A previsão de Baba Vanga, que era cega, foi feita pouco antes de sua morte, também em 1996, aos 84 anos. Nascida na Bulgária, a vidente ganhou fama mundial bem depois de sua morte.  Ela previu inúmeros acontecimentos históricos até o ano de 5079; entre os acertos, estão o acidente de Chernobyl, o 11 de setembro,  a morte da princesa Diana, o desastre de Chernobyl e o Brexit. De acordo com artigo do Daily Star, Baba Vanga previu ainda a morte do presidente da Rússia, Vladimir Putin, que seria assassinado dentro Kremlin. Além disso, o presidente Donald Trump, dos Estados Unidos ficaria surdo ou até morreria, em razão de um tumor no cérebro.

“Dragão” chinês...

Mas o que terá o que terá previsto esta mulher para 2021? Baba profetizou que em 2021 a cura para o cancro será encontrada, que Donald Trump sofrerá uma doença misteriosa e que o deixará surdo, e o planeta será ainda "dominado por um dragão".

...dominará o mundo!

De acordo com o jornal Mirror, as suas previsões não devem ser interpretadas literalmente. Ao afirmar que o planeta será “tomado por um dragão”, Baba pode estar se a referindo à China, acreditam os especialistas.

Baba Venga

Farra da gasolina

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os  vereadores de Manaus  passaram a atuar remotamente a partir de abril. No entanto,  por mais incrível que possa parecer, mesmo “sem sair de casa”, eles gastaram R$ 147.003,17 em combustível.

Ficaram em casa mesmo?

Ao menos e o que aponta o portal de transparência da Câmara. Os números chamam a atenção porque  o valor gasto teria que ser reduzido. Afinal, os nobres parlamentares não estavam em casa?

O campeão

O vereador que mais gastou com combustível, no pico da pandemia (abril e maio) foi Márisson Roger (PP), que papocou  a bagatela de R$ 14 mil só em gasolina.

Até tu, Sassá?

O segundão foi Gilmar Nascimento (DEM), que detonou R$ 10.552,94 no tanque de seu carango. O vereador Sassá da Construção Civil, que tem fama de “palmatória da moralidade”,  comprometeu o PT ao ficar em terceiro no ranking dos combustíveis. O parlamentar gastou R$ 10.032,90.

Vereadors ficaram mesmo em casa?

Reabram o hospital

O deputado estadual Belarmino Lins (PP) sofreu na pele a tortura da Covid-19. Depois saltar a fogueira, o parlamentar encaminhou a sugestão  ao governador Wilson Lima (PSC) para a a reutilização do Hospital Nilton Lins para o atendimento a pacientes acometidos de doença.

UTIs lotadas

Segundo o líder progressista, o Nilton Lins já conta com uma infraestrutura adequada para o atendimento emergencial.

Reabrir o hospital é uma opção diante das grandes demandas do momento em função do agravamento da pandemia no Estado.

— Compreendo os esforços do governador Wilson Lima e as necessidades da população amazonense após o agravamento da pandemia, e por isso estou sugerindo a reativação do Hospital Nilton Lins –, reforçou o d eputado.

Parece, mas não é

Depois do recado, Belarmino Lins fez questão de esclarecer que apesar dos sobrenomes parecidos ele não , não possui nenhum laço de parentesco com os membros do grupo Nilton Lins.

Suframa e Paraguay

A Superintendência  da Zona Franca de Manaus (Suframa)  e a Zona Franca  Global del Paraguay Sacis (ZFG), firmaram por meio de vídeo conferência, um  Memorando de Entendimento e de Colaboração Mútua. O objetivo do documento é a parceria entre as entidades  para desenvolver ações  de cooperação e de consulta, bem como operacionalizar  objetivos  comuns  previstos entre as instituições.

Pacto de cinco anos

A assinatura do pacto, que terá validade de cinco anos, foi realizada pelo superintendente da Suframa. Olgacir Polsin e pelo presidente da ZFG, Pedro Oswaldo Cespede.

Duas zonas francas

O documento será divulgado em forma de extrato no Diário Oficial da União

— Nossa intenção é contribuir com o desenvolvimento de nossos países e não tenho dúvidas de que ambas as zonas francas são importantes para isso –, disse Polsin.

Bom para as duas

De acordo com o uruguaio Pedro Cespede, o memorando é importante em razão das similaridades de atuação das  duas zonas francas.

— Será muito importante para a complementação industrial, comercial e de serviços de nossas zonas francas –, garantiu.

Vandalismo no Natal

Arthur Virgílio (PSDB) lamentou os as de vandalismo que danificaram a árvore do “Natal do Abraço”, localizada na entrada da avenida Max Teixeira, na Cidade Nova, zona Norte. De autoria da artista plástica Rosa dos Anjos,  obra de arte, com 10 metros de altura e confeccionada com mais de 20 mil garrafas PETs, teve fogo ateado em sua base.

Destruição da árvore de Natal

Sonho de criança

O prefeito disse  que lamenta  que tenha gente que não respeita nem o Natal e a ilusão das crianças.

— A Manaus que eu desejo e que busco reconstruir, até o último dia da minha gestão, é diferente dessa dos vândalos. Na minha é construção, na deles é destruição – desabafou.

Lado bom, lado mau

Virgílio lembrou que  muitas crianças com deus pais visitaram a árvore, confraternizaram e tiraram fotos. Ele observou também que esse é o lado bom do espírito do Natal, de respeito ao próximo, mas que  existe outro tipo de gente, como essa que fez uma fogueira e que vandalizaram nossa árvore de Natal.

— . Esse criminoso ou essa criminosa o que ganham? Fazendo mal a quem, às crianças? Cortando a ilusão das crianças em relação ao Natal? –, questionou Arthur.

O muro de Parintins

A reunião do prefeito de Parintins, Bi Garcia (DEM) com o senador do Amazonas, Omar Aziz (PSD) e o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) celebrou o termo de convênio que garantirá recursos para a construção do muro de arrimo da frente da cidade de Parintins. Orçado em cerca de R$60 milhões, o recurso contempla serviços onde não haja muro, do trecho do matadouro municipal até a cidade do Garantido.

Orla de Parintins sofre com erosão

Polícia Penal sai do papel

O deputado federal Alberto Neto (Republicanos)  disse que o estado do Piauí está sendo referência na Polícia Penal. O parlamentar, que é autor da lei que regulamenta a Polícia Penal no país, foi a Teresina e elogiou o desempenho das academias de formação dos policiais penais do estado do Piauí.

— A criação da Polícia penal foi um marco em 2019. Ela veio para acabar de vez com o crime organizado.  E Piauí sai na frente – disse o parlamentar “amigo de Bolsonaro .

Tragédia anunciada

O ano de 2020 foi dominado pela pandemia do novo coronavírus, mas o Brasil foi um dos poucos países que conseguiu chamar a atenção mundial em outro assunto: os recordes de desmatamento na Amazônia e as queimadas históricas no Pantanal.

Queimamos três RJ

De janeiro a novembro, foram destruídos pelas chamas 116.845 km² do território da Amazônia e do Pantanal, área equivalente a quase três estados do Rio de Janeiro.

Maior da década

Dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) também mostram que a Amazônia perdeu, em um ano, 11.080 km² em área desmatada –maior índice da década.

Notícia triste

Notícia triste para se divulgar às véspera de começar um novo ano, quando quase sempre se tem esperanças de dias melhores: O Brasil registrou nesta segunda-feira 495 mortes e 25.490 casos de Covid-19. Os números elevam para  191.641 o número vidas perdidas para o novo coronavírus e 7.506.890 o total de pessoas infectadas no país.

ÚLTIMA HORA

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes manifestou a interlocutores a intenção de julgar a parcialidade de Sergio Moro na Corte já em fevereiro, informa reportagem da Veja. A decisão pode levar à anulação do processo em que Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá e devolver seus direitos políticos. O magistrado havia dito que sua intenção era aguardar o retorno das sessões plenárias presenciais para julgar se o ex-juiz atuou com parcialidade contra o ex-presidente Lula, mas diante da incerteza sobre a vacinação no Brasil, deve levar o caso adiante mesmo em sessão remota. O julgamento sobre a suspeição de Sergio Moro foi iniciado em dezembro de 2018 na Segunda Turma do STF e contabilizava dois votos – os de Edson Fachin e de Cármen Lúcia – contra a suspeição de Moro quando acabou sendo interrompido pelo pedido de vista de Gilmar Mendes. Cabe a ele decidir quando devolverá a vista ao colegiado e, como presidente da Turma, agendar a data para análise do caso. Além de Gilmar Mendes, faltam votar os ministros Ricardo Lewandowski e Nunes Marques.

ORGULHO

Cristiano Ronaldo foi o grande vencedor individual do Globe Soccer Awards, premiação organizada pelo Conselho de Esportes de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O artilheiro recebeu neste domingo (27) o troféu de melhor jogador do século XXI. Dono do prêmio de melhor jogador do ano nas seis edições anteriores, em 2020, ele faturou também a categoria de “melhor do século” criada nesta edição.

VERGONHA

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), decidiu entrar com uma ação penal por crime contra a honra contra Jair Bolsonaro, de acordo com a Folha de S.Paulo. O governador Dino diz que Bolsonaro o caluniou ao dizer em entrevistas no mês de outubro que teve de cancelar uma viagem ao município de Balsas, no interior do Maranhão, por ter tido negado efetivo da Polícia Militar (PM), órgão sob responsabilidade dos governos estaduais, no seu esquema de segurança. Em outubro, o governo foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra Bolsonaro. Dino diz que não recebeu solicitação para a segurança presidencial. Na petição, ele exigiu que Bolsonaro apresentasse provas da suposta recusa de colocar a polícia à disposição de sua segurança.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.