Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Pressionado em Manaus, Moro pouco fala sobre vazamentos

Com agenda oficial em Manaus nesta segunda-feira, 10/06, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, não quis fazer muitos comentários sobre vazamentos de conversas entre ele e membros da Operação Lava-Jato. O conteúdo foi divulgado pelo site The Intercept, e mostra a relação estreita do então juiz com o procurador Deltan Dallagnol sobre a operação Lava Jato. A entrevista coletiva durou menos de cinco minutos.

“Eu já manifestei sobre isso. Não vi nada demais nas mensagens. O que vejo é uma invasão criminosa em celulares de procuradores. Pra mim isso é algo bastante grave. E quanto ao conteúdo, no que diz respeito a minha pessoa, não tem anda demais”, apontou.

Na sequência, afirmou que não lembra das conversas. “Não lembro dessas conversas Aconteceram há muito tempo e não tenho mais no meu telefone. Juízes conversam com advogados, juízes conversam com procuradores, juízes conversam com policias. Isso é algo normal”, afirmou ao ser bombardeado com as perguntas dos jornalistas.

Questionado mais uma vez sobre o material do The Intercept, Moro mostrou estar visivelmente incomodado com as perguntas e disse que não queria falar sobre o assunto. “Eu estou aqui para falar sobre a questão prisional do Amazonas. Alguém quer falar sobre isso? “, perguntou. Mais uma vez ele ouviu perguntas sobre os vazamentos. Moro, então, virou-se e foi embora do evento.

Mais cedo, quando os jornalistas tentaram falar com o ministro da entrada do evento, Moro preferiu entrar por uma porta lateral do Quality Hotel, onde aconteceu o evento em Manaus. A assessoria chegou a dizer que ele estava com a agenda cheia e que não concederia entrevistas, mas o ministro resolveu falar. Por pouco tempo, mas falou.

Foto: Jimmy Christian

Deixe uma resposta