BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Prefeitura reforça ações em locais de aglomeração contra coronavírus


Com a notificação de três casos suspeitos em Manaus do Covid-19 (novo Coronavírus) ao Ministério da Saúde, o prefeito Arthur Virgílio Neto determinou que todos os órgãos da administração municipal se comprometam nas ações de prevenção à doença. Em reunião coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), realizada na tarde desta terça-feira, 3/3, na Casa Militar, zona Oeste, foram definidas novas estratégias para monitorar e prevenir o surgimento de possíveis casos do novo Coronavírus na capital.

Desde o primeiro caso tido como suspeito no país, a Prefeitura de Manaus colocou toda a estrutura da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) em alerta e tem preparado os servidores da área para identificar possíveis casos do novo Coronavírus e reforçando o estoque de luvas, máscaras e medicamentos utilizados para tratamento dos sintomas da doença.

“Esse encontro é mais uma ação para preparar e organizar os serviços de saúde. Para isso, é importante fortalecer a integração da área de Saúde com outros setores do município, repassando informações corretas e atualizadas, para que todos possam contribuir da melhor forma possível”, afirmou o titular da Semsa, Marcelo Magaldi.

Na ocasião, Magaldi reforçou que o Ministério da Saúde antecipará a vacinação contra a gripe em todo o país, como forma de reduzir casos de outras síndromes gripais e de fortalecer o sistema imunológico do público-alvo, mas fez questão de frisar que ainda não existe vacina para prevenção do novo Coronavírus. A previsão é que a “Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe” comece no dia 23/3.

Ações de prevenção

Como parte das medidas de prevenção, o Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa/Semsa), em parceria com o Procon Manaus, irá realizar ações de orientação e fiscalização em locais de grande aglomeração, como shoppings e supermercados da capital. “Com o apoio da sociedade civil organizada, de estabelecimentos e grandes centros comerciais, as orientações serão feitas para garantir que sejam oferecidos álcool em gel, pia, sabão e lenços de papel para que a população possa manter as mãos higienizadas. Essas ações são fundamentais e muito eficazes na prevenção ao vírus”, disse a diretora da Vigilância Sanitária, Maria do Carmo Leão.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.