BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Prefeitura busca financiamento para implantação do transporte hidroviário em Manaus


Um dos projetos apresentados ao Banco Mundial para financiamento em Manaus se refere à viabilidade de agregar ao sistema de transporte coletivo da cidade o modal aquaviário. O transporte fluvial tem potencial para ser implementado tanto no Rio Negro quanto no igarapé do Mindú. A proposta foi inspirada na experiência bem-sucedida da cidade de Bangkok, na Tailândia, onde o prefeito Arthur Virgílio Neto participa de uma conferência do Banco Mundial para cidades resilientes.

Em visita ao sistema de transporte na capital da Tailândia, o prefeito de Manaus destacou as semelhanças das condições encontradas em Bangkok, que facilitariam a implementação de um sistema semelhante em Manaus. O prefeito visitou as estações hidroviárias acompanhado da delegação de Manaus e um representante do Banco Mundial.

“Eu acredito que esse modal pode ser integrado ao BRT. Podemos aproveitar o sistema tradicional que já existe para funcionar como alimentador, usar o melhor BRT que possa existir no mundo, e que teremos em Manaus, e associa-los ao transporte fluvial, porque nós temos muitos rios e igarapés navegáveis que podem representar um grande desafogo ao trânsito”, explicou Arthur.

O sistema fluvial onde a delegação de Manaus embarcou fica localizado no principal rio da cidade, o Chao Phraia. Segundo o prefeito Arthur Virgílio, o rio, além de servir para mobilidade urbana, contribuindo para aliviar o transporte público nas ruas, também é um importante ponto turístico, devidamente aproveitado pelo setor local.

Modelo de embarcação utilizado em Bangkok

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.