Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Prédio histórico da Santa Casa é arrematado por R$ 9,3 milhões pela Fametro


A Santa Casa de Misericórdia foi arrematada pelo valor de R$ 9,3 milhões pela empresa Fametro em leilão que ocorreu essa manhã no hall do Fórum de Justiça Henoch da Silva Reis por determinação da juíza Ana Maria Diógenes, titular da Vara Especializada da Dívida Municipal (Vedam), do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM). O leilão iniciou com lance no valor de R$ 4 milhões. As informações são do G1.

O bem está avaliado, atualmente, em R$ 15.839.955,85 e o leilão é resultante de ação do Município de Manaus para execução fiscal de divida ativa, no processo n.º 0888353-75.2012.8.04.0001.

De acordo com a assessoria de comunicação da Fametro, o prédio será transformado em hospital-escola e abrigará todo os cursos da área de saúde.

Prédio abandonado

A Santa Casa de Misericórdia fechou as portas em 2014, após crise financeira. Inaugurado em 1880, o hospital particular chegou a contar com recursos do Governo do Estado. Um grupo de interventores nomeado pela Justiça tenta a revitalização do prédio.

O imóvel, que funcionou por mais de 100 anos, possui 11 mil metros quadrados e é constituído de diversos edifícios. Apenas o prédio principal e a capela são protegidos pelo tombamento – equivalendo à metade da área do terreno. Essa parte não pode ser demolida.

O prédio da Santa Casa está abandonado há mais de 15 anos. Sem as telhas, o local é completamente invadido pelo sol e pelas chuvas, o que fez com que o piso de madeira do segundo andar fosse destruído. As paredes estão tomadas por pichações.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.