Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Polícia prende trio envolvido em roubo de R$ 30 mil de empresa no Distrito industrial 2

A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob o comando do delegado, Adriano Félix,  prendeu na tarde da última terça-feira, 19, por volta das 13h, Armando Ramos Takafaz, 26, conhecido como “Bené”; John Sullivan Rodrigues de Oliveira, 27, o “Jhon Jhon”, e Saulo Maciel das Chagas, 27, em cumprimento a mandados de prisão preventiva por roubo majorado,  ocorrido no dia 23 de setembro deste ano, em uma empresa prestadora de serviços veicular, situada na Avenida Buriti, segunda etapa do bairro Distrito Industrial, zona leste da capital. Eles foram apresentados nesta quarta-feira, 20.

Conforme o delegado Adriano Félix, no dia do crime “Bené”, “Jhon Jhon” e Saulo, junto de um homem identificado como Jonas dos Santos Sarmento, 37, conhecido como “Cachorrão”, que é procurado pela polícia, conseguiram subtrair em torno de R$ 30 mil em espécie, além de aparelhos celulares dos funcionários da empresa. O trio foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (20/12), às 9h30, no prédio da Derfd, segunda etapa do bairro Alvorada, zona centro-oeste.

A prisão dos três infratores ocorreu, em via pública, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste da cidade. O veículo utilizado na ação criminosa, modelo Saveiro, de cor vermelha e placas PHH–7206, foi apreendido durante a ação policial. Os mandados de prisão preventiva em nome de Armando, John e Saulo foram expedidos no dia 19 de dezembro deste ano, pelo juiz Genesino Braga Neto, da 10ª Vara Criminal.

À imprensa, o delegado Adriano Félix revelou como cada integrante do grupo agiu no dia da ação criminosa. “Por volta das 9h30, Armando e Jonas entraram no estabelecimento se passando por clientes. Armando estava em posse de um revólver calibre 38 e, junto com Jonas, rendeu cinco funcionários da empresa. Do lugar eles conseguiram subtrair R$ 30 mil em espécie, além dos celulares das vítimas, enquanto Saulo e John aguardavam os comparsas do lado de fora da empresa, dando cobertura e também para auxiliá-los na fuga”, disse.

As informações privilegiadas sobre o dia do pagamento dos funcionários da empresa foram repassadas para o grupo por um jovem chamado Deivison Igor Maia da Silva, 21, que trabalhou na empresa. “Os quatro indivíduos tinham informações  sobre o pagamento dos funcionários daquela empresa. Como o ex-funcionário colaborou com as investigações, fizemos um tipo de delação premiada e, por meio do depoimento dele, conseguimos identificar todos os envolvidos no delito”, declarou o delegado. 

 

Deixe uma resposta