BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Polícia prende envolvidos na morte de menina de 8 anos


Três suspeitos de terem participado da morte da menina Lohanny Remígio Nascimento, 8, no último domingo, 14/3, foram presos pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) entre a noite de segunda-feira, 15/3 e a manhã desta terça-feira, 16/3.

De acordo com o delegado da DEHS, Charles Araújo, a polícia investiga a participação de um quarto envolvido e apura a suspeita de que a morte de Andrew dos Santos de Souza, 25, o ‘Pipoca’, executado no domingo à noite, foi praticada pelos suspeitos para atrapalhar as investigações da Polícia Civil (PC).

Entre os presos estão Jordan dos Santos Vaz, 21, encontrado por volta das 18h de segunda-feira; Emerson Leão Gonçalhez, 24, e Wilhames Felipe Teixeira de Souza, 28, tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos no momento em que se apresentaram à sede da DEHS, por volta das 8h, desta terça-feira.

De acordo com o delegado, o trio nega envolvimento nos disparos que atingiram Lohanny, que morreu dentro da casa onde morava, no Tancredo Neves. "Eles atribuem os disparos a uma quarta pessoa. Este fato ainda estamos investigando, mas o que podemos comprovar é que o trio preso é mesmo que aparece nas imagens procurando atendimento no (Hospital) Platão Araújo", explicou o delegado.

O delegado relembrou que dois dos suspeitos chegaram à rua onde Lohanny morava para praticar um roubo, mas o assalto foi frustrado pelos próprios moradores, que conseguiram deter um deles e passaram a agredi-lo. De acordo com as investigações, um dos suspeitos conseguiu fugir em uma moto emprestada por um amigo e em seguida retornou com outro homem e passam a atirar no local. Um dos tiros invadiu a casa da menina e atingiu a criança, que morreu.

Depois de terem conseguido resgatar o suspeito, o trio segue para o Hospital e Pronto-Socorro Dr. Platão Araújo, onde câmeras de vigilância flagram o momento em que buscam atendimento médico, mas fogem logo em seguida. "Com base nas imagens divulgadas pela imprensa, a população conseguiu denunciar e nos ajudar a localizar os suspeitos. Esse parceria foi fundamental", destacou Araújo.

Sequência de crimes

A delegada adjunta da DEHS, Marília Campelo, informou que após terem praticado o crime que vitimou a criança, os suspeitos passaram a tentar camuflar a participação deles no homicídio. "Eles chegaram a pedir para o amigo que emprestou a moto que fizesse uma denúncia de que a moto usada por eles havia sido roubada. De fato, o amigo registrou um Boletim de Ocorrência para tentar mascarar o que tinham feito, mas conseguimos identificar essa falsa comunicação de crime", explicou.

Outra suspeita de crime praticado pelo trio foi a morte de Andrew dos Santos de Souza, 25, o ‘Pipoca’. Ele acabou assassinado na noite de domingo, no Jorge Teixeira, próximo da casa onde os suspeitos moravam. Em cima do corpo foram deixados dois bilhetes onde em um deles estava escrito:  “morreu porque matou uma criança”.

Para o delegado Charles Araújo, da DEHS, a morte de Andrew foi praticada pelos suspeitos para despistar o envolvimento deles no crime. "Não descartamos a suspeita da participação da vítima no crime, mas também acreditamos eles que possam ter praticado o homicídio para incriminá-lo sem ter participado", informou.

Jordan, Emerson e Wilhames  foram indiciados pelos crime de homicídio qualificado, tentativa de homicídio, roubo qualificado tentado e falsa comunicação de crime.

Fonte: Portal Toda Hora

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.