BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Polícia fecha laboratório que enganava pacientes em Manaus


A operação ‘Covid Falso Negativo’  foi deflagrada nesta terça-feira (09), tendo como alvo um falso laboratório, no bairro Adrianópolis, zona sul de Manaus.  Ação foi realizada pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), com apoio do Conselho de Farmácia do Amazonas (CRF) e a Vigilância Sanitária de Manaus (VISA).

De acordo com o delegado Eduardo Paixão, titular da Especializada, o local apresentava más condições sanitárias e realizava testes para Covid-19 apenas com pagamento antecipado, porém os consumidores não recebiam os resultados dos exames.

No espaço também foi notada a ausência de profissionais aptos para realização de exames; e a empresa não notificava o Sistema Único de Saúde (SUS) e os solicitantes dos testes.

“É triste e revoltante ver que os inúmeros alertas das autoridades sanitárias são tratados com desdém, e que alguns empresários insistem no lucro sem qualquer compromisso com a saúde pública do cidadão, que já sofre com a doença. Um verdadeiro desrespeito com a vida do próprio semelhante”, disse o delegado Eduardo Paixão.

A autoridade policial ressaltou que os consumidores que se sentirem enganados, formalizem denúncias nos canais oficiais e não apenas em redes sociais, para que os casos sejam investigados e os maus empresários punidos.

“Durante a operação, os investigadores identificaram que o falso laboratório excluiu suas redes sociais que ofertavam os testes de Covid-19, para tentar dissimular a irregularidade flagrada”, finalizou Paixão.

A empresa foi autuada por inúmeras infrações sanitárias flagradas, poderá perder licença de funcionamento e o proprietário responderá inquérito por crime contra relação de consumo (art. 7, IX da Lei 8137/90), e também por exercício ilegal da profissão (art. 47 do CP).

Fonte: D24AM

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.