BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Polícia diz que crime não teve mandante; 'foi de oportunidade'


A titular adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Marília Campello disse, em coletiva de imprensa, que o assassinato da servidora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Silvanilde Veiga, está elucidado e o autor preso.

De acordo com ela, não há qualquer mandante do assassinato e vigilante Caio Claudino de Souza agiu sozinho. "O crime não foi premeditado, foi de oportunidade. A porta foi aberta às 16h52 e o crime acabou acontecendo dentro do apartamento", informou a delegada.

O delegado Ricardo Cunha disse que o crime aconteceu em 13 minutos. "Temos imagens dele no elevador e indo em vários andares. Nenhum morador nos relatou que qualquer agente de portaria tenha feita alguma abordagem. Ele parou no 14º andar, onde aconteceu o crime. Ele pode ter batido na prta dela ou encotnrado ela saindo de casa e acabou entrando", assinalou.

Caio acabou sendo preso no bairro do Coroado, zona Leste de Manaus. No primeiro momento negou o crime, mas acabou sendo conduzido à DEHS, onde confessou o assassinato.

Veja as imagens da TV A Crítica
Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.