BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Polícia apreende 120 quilos de drogas escondidas em extintores


Não há limites para o tráfico de drogas quando o assunto é despistar a polícia. Neste domingo (28), foram encontradas 120 quilos de drogas escondidas em extintores de incêndio. O material estava em uma balsa om botijões de gás vinda de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), na Tríplice Fronteira.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) na ação “Pronta Resposta”, a quantidade de apreensões subiu para 1,2 toneladas .

Ao longo da semana, três homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas. As equipes policiais estão trabalhando na balsa, ancorada em um porto do Distrito Industrial, na zona Leste de Manaus, desde a quinta-feira (25), quando a embarcação vinda de Tabatinga foi flagrada repleta de entorpecentes. Nos dias seguintes, mais drogas foram localizadas e, dessa vez, o material ilícito foi descoberto dentro de cilindros de extintores.

As equipes estão vasculhando todos os produtos dentro da balsa. Localizaram drogas dentro de 64 botijões de gás, um gerador de energia, tonéis cheios de óleo e, agora, em extintores.

Será investigado como os criminosos conseguiram colocar as drogas dentro do equipamento. As embalagens estavam em perfeito estado, com todas as informações técnicas sinalizando regularidade, inclusive a validade e o lacre do produto.

O entorpecente só foi encontrado porque os policiais apertaram o equipamento para testar a carga. Foi quando se observou que, apesar de pesado, ele não tinha o produto que serve para conter chamas. Eram oito extintores, que foram abertos com ferramentas manuais.

O caso foi encaminhado para o Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil do Amazonas.

Fonte: Portao Em Tempo

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.