BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

PM recebe 492 denúncias por descumprimento de decreto


A Polícia Militar do Amazonas recebeu 492 denúncias de estabelecimentos que estavam descumprindo o decreto do governador Wilson Lima que trata da suspensão do funcionamento de bares, restaurantes e templos religiosos por 15 dias. O decreto foi assinado no último sábado (21/03) como medida protetiva de enfrentamento ao surto de coronavírus (Covid-19).

A maioria das denúncias referia-se a bares (284), seguida de igrejas (83) e restaurantes (48). Houve também denúncias sobre aglomeração de pessoas em campos de futebol, festas em residências e casas de eventos. Do total de denúncias, em 105 os policiais encontraram os estabelecimentos fechados.

Desde o sábado, sob a coordenação do secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, e do comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, os policiais estão nas ruas para garantir o cumprimento da determinação do governador. No estado há 26 casos confirmados de coronavírus.

Os policiais têm vistoriado os estabelecimentos. A medida faz parte das ações temporárias para evitar a circulação do vírus no estado, conforme recomendação do Comitê Intersetorial de Enfrentamento e Combate ao Covid-19.

Publicado em edição extra no Diário Oficial, o Decreto 42.099 prevê a suspensão do funcionamento de todos os restaurantes, bares, lanchonetes, praças de alimentação e similares, exceto os que funcionam no interior de hotéis e pousadas em atendimento aos hóspedes.

Também está suspenso o funcionamento de boates, casas de shows, casas de eventos e recepções, salões de festas, parques de diversão, circos, igrejas, templos religiosos e lojas maçônicas.

Denúncias – As denúncias podem ser feitas ao serviço emergencial 190. Os servidores têm, inclusive, orientado a população, uma vez que nem sempre há necessidade do deslocamento de uma viatura.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.