BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Pistoleiro confessa à polícia ter matado mais de 20 no Amazonas


Kennedy Oliveira da Silva, 25, identificado pela Polícia Militar (PM) como pistoleiro da facção criminosa Cartel do Norte (CDN) foi preso na noite deste domingo, 22/8, no Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus. O suspeito foi preso junto com  Luciano dos Santos Bittencourt, 21, após intensa perseguição, acidentes e tiroteio. Após ser preso, o homem informou aos policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) e da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que era o principal matador do grupo criminoso e já havia assassinado mais de 20 integrantes da facção rival Comando Vermelho.

Conforme a 30ª Cicom, a ocorrência começou depois de Kennedy, Luciano e outros três suspeitos, por volta das 19h30, terem roubado um carro no Novo Aleixo, na zona Norte. Em seguida, seguiram para a praça de alimentação do Jorge Teixeira, onde iniciaram um tiroteio na tentativa de executar integrantes de uma facção rival.

Policiais da 14ª Cicom foram ao local e tentaram deter o grupo, mas os suspeitos saíram em fuga. No trajeto, na Avenida Hilário Gurjão, os suspeitos atropelaram um motoqueiro e seguiram tentado fugir. Já na Rua Baleia acabaram batendo em um carro estacionado e desembarcaram do veículo e iniciaram um tiroteio já com policiais da 30ª Cicom e Rocam.

Durante o confronto, três suspeitos conseguiram fugir e Kennedy e Luciano acabaram presos. Após a prisão, a polícia identificou que durante o tiroteio promovido pelo suspeitos na praça de alimentação, um homem identificado como Presley Willym Souza Vieira, 23, que estava com mandado de prisão em aberto, havia sido baleado e estava no Hospital e Pronto-Socorro Dr. Platão Araújo.

Material

Com Kennedy e Luciano a polícia apreendeu o HB20 roubado, dois revólveres calibre 38, com quatro munições, sendo três deflagradas, uma pistola .40 e uma submetralhadora 9 milímetros. A dupla foi levada ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) onde foi autuada pelos crimes de posse ou porte ilegal de arma de fogo e roubo.

Em depoimento à polícia, Kennedy e Luciano confirmaram que pertenciam à facção criminosa e que haviam recebido ordens para matar integrantes de um grupo rival, mas que quando chegaram ao local da execução, foram identificados e recebidos à tiros por outros criminosos.

De acordo com a Rocam, Kennedy é apontado como principal pistoleiro da facção CDN e afirmou aos policiais já ter executado mais  de 20 integrantes do grupo criminoso rival. Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) consta que o suspeito já responde a um processo por homicídio e um mandado de prisão pelo mesmo crime, além de processos pelos crimes de tráfico de drogas e roubo majorado.

Um dos crimes investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está a morte de Elcy Picanço de Souza, 24. Ele foi executado com três tiros, dentro da casa onde morava, no Jorge Teixeira, na zona Leste, depois que Kennedy e outros cinco suspeitos invadiram o imóvel por volt das 11h. Para a polícia, o suspeito com o grupo sempre age da mesma forma, ou seja, atacando as vítimas usando 'bondes'.

Fonte: Portal Toda Hora

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.