Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

A Polícia Federal está nas ruas para cumprir uma série de mandados de busca e apreensão e de sequestro de bens autorizados pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do Correio da Bahia.

A operação mira pessoas com foro privilegiado em razão de uma investigação em curso perante o STF. De acordo com a PF, a operação ocorre em sigilo e nenhum nome será divulgado. Mas a revista Veja divulgou nesta manhã que a operação mira senadores Renan Calheiros e Eduardo Braga.

“Atendendo às determinações do Ministro Luiz Edson Fachin, que assina as ordens judiciais, a Polícia Federal informa que não realizará qualquer divulgação das ações realizadas desde as primeiras horas da manhã”, diz nota da corporação.

NOTA DO SENADOR EDUARDO BRAGA

O senador Eduardo Braga recebeu esta manhã uma solicitação do Delegado Bernardo Amaral para prestar esclarecimentos no inquérito 4707 (STF). Já estabeleceu contato para ajustar a data. O senador sempre se colocou à disposição para colaborar com qualquer investigação. A cobertura midiática de hoje, talvez por sensacionalismo, talvez por desinformação, menciona fato que simplesmente não existiu, na medida em que nenhuma medida de busca e apreensão foi realizada na residência ou em qualquer outro endereço do senador Eduardo Braga.​

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.