BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

PF destrói materiais usados por garimpeiros na Terra Indígena Yanomami


Agentes da Polícia Federal (PF) destruíram parte da logística utilizada por garimpeiros ilegais dentro da Terra Indígena Yanomami, em Roraima, nesta quinta-feira. Os policiais inutilizaram motores, geradores, rede elétrica, seis barracos e 17 mil litros de combustível. As informações são d'O Globo.

A ação do Grupo de Pronta Intervenção (GPI) da PF ocorreu durante operação para investigar a morte de uma adolescente de 12 anos e o desaparecimento de uma criança de 3 anos, no Rio Uraricoera, após suposto ataque e tentativa de sequestro de indígenas por garimpeiros.

Na ocasião, os policiais flagraram materiais e instalações usadas pelos garimpeiros. Todo o material apreendido foi incinerado pela PF no próprio local.

Investigação

A PF informou nesta quinta-feira que não encontrou indícios de homicídio e estupro ou de óbito por afogamento na Terra Indígena Yanomami, razão pela qual se deslocaram até o local.

"Após extensas diligências e levantamentos de informações com indígenas da comunidade, não foram encontrados indícios da prática dos crimes de homicídio e estupro ou de óbito por afogamento", informou a PF, em nota.

O comunicado acrescenta que "finalizadas as diligências in loco", as equipes voltaram para Boa Vista no começo da noite desta quinta-feira. A investigação é conduzida pela PF e conta com apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai), da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério Público Federal (MPF), do Exército e da Força Aérea Brasileira.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.