BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Parintins se despede de Arlindo Júnior


Emoção , comoção, e respeito marcaram a chegada do corpo do levantador de toadas do Boi Capriochoso, Arlindo Júnior na cidade de Parintins, no interior do Amazonas, na manhã desta terça-feira (31). As informações são do Portal Caboco.

Já desde o aeroporto de Parintins, uma multidão chegou para receber o corpo que foi levado em um carro do Corpo de Bombeiros. Verdadeira multidão acompanhou o cortejo pelas ruas da cidades dos bois.

Um dos momentos mais emocionante foi a homenagem feita pelo boi rival na Cidade Garantido, coisa rara de ser vista. Ao invés de rivalidade, a união, o respeito nesse momento de muita tristeza.

O corpo seguiu para o Bumbódromo, onde foi feita nova homenagem. O enterro ocorre ainda nesta terça-feira (31).

Leia a nota oficial do Caprichoso

Hoje, é um dia que nos unimos, deixamos a rivalidade de lado e irmanados prestamos nossas últimas homenagens ao maior artista que o Amazonas já teve, ao maior artista do Festival de Parintins, ao maior ídolo do boi Caprichoso.  A história de Arlindo se confunde com a própria história do nosso amado Touro Negro.

O Festival de Parintins nasceu para a construção desta Catedral, lá em 1965, hoje a igreja abriga e homenageia um dos grandes responsáveis em levar aquela brincadeira, lá da década de 60, para o Amazonas, para o Brasil e para o mundo. Agradeço a família por deixar que os fãs, amigos e todos aqueles que conviveram com Arlindo, em Parintins, pudessem prestar sua última homenagem. A homenagem ao menino pobre que construiu uma história com suor e muito trabalho chegou onde chegou sem nunca esconder suas raízes e muito menos deixar de lado nossa cultura e nossa gente.

Durante o translado do aeroporto e vendo o carinho das pessoas para com Arlindo ecoa na cabeça um canto de 1996, quando o Caprichoso se despedia da arena e dava um até logo para retornar no ano seguinte.

Arlindo, se despede da arena da vida e vai voltar sim no próximo ano na arena dos corações de todos nós : parintinenses, caprichosos, garantidos, fãs e familiares porque Arlindo está na galera, nos artistas, nos brincantes, nos itens, diretores... Arlindo está nas toadas basta entoarmos letras como de  Sidney Rezende:
"Como um sonho de marujoReacendendo a emoçãoEle esquece do remoEle esquece da dorBalançando as bandeirasNa arena seu mundo se revelaAgora ele é um pássaro sonhador"

Te amamos Arlindo Junior, nosso Pop da Selva! Obrigado por tudo.

Fotos: Pitter Freitas e Arleison Cruz.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.