BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Para 48,6%, erros de governo Bolsonaro levaram à alta nos alimentos, revela Pesquisa


O aumento nos preços dos alimentos, simbolizado pela disparada no valor pago pelo arroz, tem relação com erros do governo Bolsonaro. Essa é a opinião de 48,6% dos brasileiros, como mostra a 6ª edição da Pesquisa Fórum, realizada entre os dias 30 de setembro e 4 de outubro.

Entre os entrevistados, 41,9% não relacionam essas altas com atitudes do governo federal e 9,6% não souberam responder ou não quiseram fazê-lo.

As mulheres são mais incisivas nessa opinião: 54,7% culpam a condução da economia pela equipe do capitão reformado pelo aumento que sentiram na hora de comprar alimentos. Mais condescendentes, 50,6% dos homens disseram que o governo não tem responsabilidade sobre a carestia. No entanto, 41,7% deles veem culpa de Bolsonaro nesses reajustes.

Por faixa etária, 59,3% dos entrevistados de 16 a 24 anos relacionam práticas do atual titular do Planalto ao aumento dos alimentos. É a mesma opinião de 50,4% dos que têm de 25 a 34 anos e de 51,4% daqueles que estão na faixa entre 35 e 44 anos. Por outro lado, entre os mais velhos, com 60 anos ou mais, 59,6% não veem ligação entre atitudes do governo e a variação dos preços da comida.

Nas três faixas de escolaridade pesquisadas, os que atribuem responsabilidade ao governo pelos aumentos são maioria: 45,1% dos que estudaram até o ensino fundamental, 50,8% dos que têm ensino médio e 49,1% daqueles que têm ensino superior.

Fonte:  Revista Fórum

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.