BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

‘Ouvidoria Estudantil' do TCE-AM desperta interesse na Presidência da República


O conselheiro-ouvidor do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Érico Desterro, informou que o programa ‘Ouvidoria Estudantil’, idealizado pela Ouvidoria da Corte de Contas, chamou a atenção da Secretaria de Controle Interno da Presidência da República.

Em contato com a Ouvidoria do TCE-AM, a secretária de Controle Interno da Presidência da República, Silvana Morato de Miranda, manifestou interesse no programa inovador do TCE-AM e recebeu cópias do projeto de implantação da Ouvidoria Estudantil no Amazonas.

“Ela nos pediu informações sobre esse projeto e revelou, inclusive, que pretende vir a Manaus fazer uma visita técnica oficial para conhecer de perto o projeto”, informou o conselheiro-ouvidor do TCE-AM, Érico Desterro, durante a sessão do Tribunal Pleno, nessa terça-feira (10).

Para o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, é um orgulho poder contribuir com o controle externo brasileiro.

"Os projetos idealizados pela Ouvidoria da Corte de Contas do Amazonas podem servir de exemplo para fortalecermos o controle externo brasileiro. Assim, juntos, tornamos a fiscalização social mais forte e verdadeiramente um apoio às Cortes de Contas no país", afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, ao elogiar a condução da Ouvidoria pelo conselheiro Érico Desterro.

Ainda segundo Érico Desterro, Silvana Morato destacou o pioneirismo do programa idealizado pelo TCE-AM, já que a Corte de Contas amazonense é a única a realizar o programa de forma ativa.

“Ela não conhece outra iniciativa deste modelo que esteja sendo realizada neste momento”, afirmou o ouvidor do Tribunal de Contas do Amazonas, Érico Desterro.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus