BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Os países europeus que já autorizaram a vacina em adolescentes


A vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 foi a primeira (e, para já, a única) a ser aprovada para ser utilizada em adolescentes dos 12 aos 15 anos na Europa. Contudo, depois do aval da Agência Europeia do Medicamento, Bruxelas deixou ao critério de cada país a decisão sobre expandir os respetivos programas de vacinação aos jovens.

Uma semana após esse anúncio, vários países já decidiram fazê-lo e alguns até já estabeleceram datas. A agência Reuters elaborou uma lista com os países que já determinaram que vão vacinar crianças e adolescentes. Confira:

  • França anunciou que vai começar a vacinar adolescentes a partir dos 12 anos a 15 de junho;
  • A Alemanha e a Polónia preveem inocular a faixa etária entre os 12 e os 15 anos a partir da próxima segunda-feira, 7 de junho;
  • Na Lituânia, o primeiro-ministro apontou para junho a vacinação daquela faixa etária, sem especificar uma data;
  • A Estónia deverá começar a vacinar adolescentes no outono, segundo a rádio pública do país;
  • Na Roménia, o primeiro-ministro anunciou que as crianças a partir dos 12 anos deverão começar a receber a primeira dose este mês;
  • Itália anunciou, no último dia 31 de maio, que iria começar a vacinar toda a população, independentemente da faixa etária;
  • A Áustria pretende ter mais de 340.000 crianças entre 12 e 15 anos vacinadas até o final de agosto;
  • A Hungria, o único país que renunciou à aquisição conjunta de vacinas contra a Covid-19 por já ter garantido doses provenientes da China e da Rússia para além das fornecidas pela UE, já está, desde meados de maio, a inocular os jovens entre os 16 e os 18 anos. O país deverá avançar para a faixa etária abaixo em breve.

A Pfizer aguarda ainda a decisão dos reguladores britânico e suíço, que não pertencem à União Europeia, sobre o uso do fármaco em menores de 16 anos. Em Portugal, as vantagens e riscos de imunizar as crianças e jovens ainda está a ser estudada pela 'task force' responsável pelo plano de vacinação.

A vacina do consórcio Pfizer/BioNTech estava antes aprovada na Europa para pessoas a partir dos 16 anos. Segundo o regulador europeu do medicamento, a eficácia da vacina nesta faixa etária foi demonstrada num ensaio clínico com aproximadamente 2.000 participantes, com a resposta imunitária a revelar-se semelhante, e por vezes melhor, à de jovens adultos.

Atualmente, estão aprovadas quatro vacinas anticovid-19 na UE: a Comirnaty (nome comercial da vacina Pfizer/BioNTech), Moderna, Vaxzevria (novo nome do fármaco da AstraZeneca) e Janssen (grupo Johnson & Johnson).

Fonte: Notícias Ao Minuto

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.