BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Omar desabafa e diz que Amazonino usa da soberba pra xavecar quem lhe estendeu a mão: “Criticava o Gilberto, mas hoje faz igual”


O  senador Omar Aziz (PSD-AM) rebateu as críticas de Amazonino Mendes, candidato a prefeito de Manaus pelo Podemos, através do  microfones da Tiradentes FM.  Em entrevista – que pareceu mais um desabafo – ao programa Manhã de Notícias,  de Ronaldo Tiradentes,  Omar disse que atribui os ataque de Amazonino, à “fadiga dele”. De acordo com Omar, remanescente da antiga escola política de Amazonino nos anos 1990, o ex-governador usou “palavras xavequeiras falando com Eduardo Braga”.

— Desnecessariamente – e eu atribuo isso à fadiga dele –, me envolve no processo sem eu estar no processo. Mas eu estou pronto pro Amazonino. Muito pronto pra ele. Eu acho que ele pode sair da  vida pública, como eu saí, com grandeza e não sendo soberbo e xavecando as pessoas que  eu já estenderam a mão pra ele –, disparou o senador.

Sem parceiro pro dominó

Pra sustentar a expressão “estender a mão”, Omar Aziz  lembrou que em 2012 Amazonino não teve condições de ser candidato à reeleição.

— Eles foi o único  prefeito da história de Manaus que não foi candidato à reeleição. Passou cinco anos isolado e não tinha nem parceiro pra jogar dominó –, contou Omar.

Conduzindo o Negão

Em 2017, continuou o senador,  houve a eleição  suplementar – com o afastamento do governador José Melo e foi Omar que foi busca-lo em casa para ser governador.

— Eu, num gesto pelo estado político que ele  se encontrava naquele momento, quando ninguém ia procurá-lo, nada,  o convidei para ser  candidato a governador do Estado.

O Wilson não ganhou

Omar disse que mesmo assim, com a máquina na mão, Amazonino não conseguiu se reeleger. “Também foi o único governador na história do Amazonas  que não conseguiu se eleger”, observou o presidente do PSD.

— Não foi o Wilson Lima (PSL) que ganhou a eleição. Foi ele (Amazonino),  quem perdeu!

Criticava  Gilberto...

Omar fosse que o que mais chama a atenção – e quem conversa com o Amazonino é testemunha disso –, é que ele criticava  muito o Gilberto (Mestrinho) e hoje faz igual.

...Hoje faz o mesmo!

— Ele dizia: o  “Gilberto quer o poder pelo poder”. “Com a idade dele  ele tinha que ser consultor”. “Pra que se candidatar? E agora eu vejo ele fazer a mesma coisa que o Mestrinho fazia –, comparou Aziz.

Mesmas palavras

Já quase no final do desabafo,  Omar disse que agora usa  contra o Amazonino as mesmas palavras que ele falava para o Mestrinho.

— Amazonino, eu tenho o maior carinho por você, mas eu acho que você, com a sua fadiga, não  pode querer o título de prefeito.

Contradição

De acordo com Omar, o próprio Amazonino  admite que está “fadigado”, mas se contradiz,  quando diz que “não quer o  poder pelo poder”.

— Ele adite que não vai para os bairros e não vai  lugar nenhum. Vai ficar administrando me casa, com o   vice-prefeito sendo o prefeito de Manaus .

Prefeito zap-zap

Omar, que já foi vice prefeito, advertiu que o prefeito de Manaus tem quer ser sindico.

— Você tem que ir lá nos bairros,  se comprometer com a população. Não dá pra se comprometer com a população pelo wathsApp ou pela vídeo conferência.

Nova temporada

E por falar em Ronaldo Tiradentes, o ouvinte de Manhã de Notícias tomou um susto ao ouvir a voz grave do marketeiro Durango Duarte.

— Deve ser gravação!  Arriscou alguém no pé do rádio. Não era. Durango, de fato, voltou a fazer comentários na Tiradentes FM.

Arranca rabo

E por que a surpresa? Porque na eleição de 2014, disputa acirrada entre Eduardo Braga e José Melo, Ronaldo e Durango beteram de frente no maior arranca rabo da paróquia. Tiradentes aposta todas as suas fichas no Melo e Durango era Braga roxo e dizia até o percentual da vitória.

Quer apostar?

O quiproquó puxou uma aposta de R$ 100 mil. Ronaldo ganhou, Durango pagou sem bufar. E, dizendo cobras e lagartos saiu batendo a porta e dizendo que nunca mais colocava os pés na rádio.

Ronaldo “ternurinha”

Mas o tempo a tudo conserta.

— Aquilo já passou. Estamos em nossas fases de nossas vidas – justificou Ronaldo à D&F para explicar a fase “ternurinha”.

E tudo terminou na santa paz. Quando existe bom senso e inteligência até dois bicudos se beijam.

Com a boca na botija

O candidato a prefeito de Manaus, Alfredo Nascimento (PL), parece que continua mantendo seu preconceito contra a imprensa de Manaus. Durante a entrevista coletiva em na convenção de sua coligação, um jornalista que estava com a câmera do celular ligada, flagrou Nascimento com a boca na botija, fazendo o seguinte comentário discriminatório:

—  Alfredo Nascimento: "Se fosse no Rio de Janeiro ou São Paulo era pergunta para todo lado, né?

Nada de festas

O prefeito Arthur Virgílio (PSDB) congirmou, nesta sexta-feira, 18/9, o cancelamento de grandes eventos realizados pela prefeitura, como as comemorações do Aniversário da Cidade, do Boi Manaus e do Réveillon.

Curando as feridas

A medida de bom senso é o mínimo que se poderia esperar do prefeito. A final, como fazer festa em tempos de da pandemia do novo coronavírus.

— Não é um ano de festas. É um ano de luto, de reconstrução, de curar nossas feridas –, advertiu Arthur.

Cancela o Rei

O prefeito revelou que, antes da pandemia, havia uma vontade de fazer um megaevento para o Réveillon e Aniversário da Cidade.

— Nós pensávamos no Roberto Carlos para o Aniversário da Cidade e no Bruno Mars para o Réveillon, estávamos bem ambiciosos. Mas, aí veio a pandemia e a gente viu que não, não é época –, admitiu.

Roberto Carlos era cotado para cantar em Manaus

Susto no avião

Bolsonaro vive dizendo que não existem queimadas no Brasil. Nem na Amazônia, nem no Pantanal. No entanto, nesta sexta-feira (18/09), o  avião do presidente precisou arremeter na chegada a Sinop, em Mato Grosso.

Onde há fumaça

A visibilidade foi comprometida por conta da fumaça causada queimadas  no Pantanal. O próprio chefe do Executivo contou o ocorrido durante discurso em uma homenagem do Agronegócio ao presidente.

Então, tá!

Apesar do acontecido, durante a fala na solenidade, Bolsonaro apontou que há "alguns focos de incêndio pelo Brasil" e que isso acontece ao longo dos anos.

Exemplo para o mundo

Em referência às críticas de outros países sobre as queimadas no Pantanal e na Amazônia, Bolsonaro rebateu e ressaltou que o Brasil "é um exemplo para o mundo".

Velha Cerpa vermelhou

O PT de Itacoatiara está forte,  firme e coeso. Junto com os partidos coligados, vai reeleger Peixoto e a eleger a maior bancada de vereadores no município.
Quem garante é o candidato a vereador por Manaus, João Pedro, que foi à convenção de Peixoto e ficou de queixo caído.

— Estive na convenção do PT em Itacoatiara (AM). Foi uma grande convenção, que homologou o nome do companheiro Antônio Peixoto para prefeito e do jovem Richardson como vice – contou o ex-senador.

Tio Patinhas

A lista das maiores fortunas do Brasil, levantada pela revista Forbes, teve uma mudança na liderança este ano. O banqueiro Joseph Safra, com uma fortuna estimada em R$ 119 bilhões, tirou do primeiro lugar o empresário Jorge Paulo Lemann, sócio da ABInbev e da 3G Capital, com patrimônio de R$ 91 bilhões.

Só tem “liso”

O pódio dos mais ricos é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões. A lista da Forbes Brasil deste ano traz 238 nomes.  São 33 nomes a mais em relação ao ranking do ano passado.

Fome no Amazonas é grande

AM no Mapa da Fome

O IBGE revela uma triste estatística para os amazonense. De acordo com o instituto,  2,7 milhões de pessoas do Estafo Amazonas vivem em situação de insegurança alimentar moderada ou grave. Isto significa dizer que, em algum momento a fome passou a ser uma realidade no domicílio.

Somos o segundão

O resultado coloca o Amazonas na segunda pior posição do país, atrás apenas do Amapá. Os dados foram apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (17) e são referentes ao biênio (2017-2018), como resultado da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018, sobre Segurança Alimentar.

Em 2014 saímos

Só pra lembrar quem detona o ex-presidente Lula. No dia 16 de setembro de 2014 relatório das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), indicou a redução da fome no Brasil.

Naquela data, pelos números do relatório da instituição, o Brasil saiu do Mapa Mundial da Fome em 2014, quando caiu em 82% a população de brasileiros considerados em situação de subalimentação.

Voltamos ao mapa

Nesta sexta-feira, 18, o IBGE divulgou que número de brasileiros enfrentando insegurança alimentar grave subiu 43,7% em cinco anos. Segundo dados do instituto divulgados ontem, em 2018 havia 10,3 milhões de pessoas nessa situação, contra 7,2 mil em 2013.

Fome se alastra

Mais de um terço da população – 84,9 milhões – morava em casas com algum grau de insegurança alimentar em 2018, e esse foi o maior percentual registrado desde 2004, quando o levantamento começou a ser feito.

ÚLTIMA HORA

A comissão temporária  criada pelo Senado para acompanhar ações de enfrentamento aos incêndios no Pantanal convidou o vice-presidente Hamilton Mourão e ministros para visitarem a região afetada pelas queimadas. Foram convidados Ricardo Salles (Meio Ambiente), Tereza Cristina (Agricultura) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional). Segundo a senadora Simone Tebet (MDB-MS), a previsão é que a viagem para Corumbá (MS) aconteça nos próximos finais de semana, mas ainda não há data definida.

A parlamentar avalia que há pouco para ser feito em relação às queimadas neste momento, apenas acompanhar o combate ao fogo. Tebet disse ainda que o colegiado vai propor ações preventivas para o próximo ano. "Vamos atuar, na Câmara e no Senado, para que possamos apresentar medidas preventivas para o próximo ano. São inúmeras possibilidades, inúmeras alternativas.

ORGULHO

O bilionário americano Charles Feeney concluiu esta semana o sonho de quatro décadas e doou toda a sua fortuna de $ 8 bilhões, mais de R$ 40 bilhões. Durante anos, ele tinha isso em mente, pra depois viver o resto de sua vida “falido”. Agora, aos 89 anos, o dono da Duty Free Shoppers, maior rede de lojas dentro de aeroportos no mundo, realizou seu desejo. De acordo com Steven Bertoni, da Forbes, Feeney fez doações anônimas por meio de sua fundação, Atlantic Philanthropies. Ao longo de quatro décadas, a Forbes diz que Feeney doou US $ 3,7 bilhões para a educação e mais de US $ 870 milhões para os direitos humanos e campanhas de mudança social. Ele também doou cerca de US $ 62 milhões em subsídios para acabar com a pena de morte nos Estados Unidos.

VERGONHA

Pesquisador Gilberto Câmara, diretor do Grupo de Observações da Terra (GEO, na sigla em inglês) e ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), rebateu acusações do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, de que os dados negativas sobre queimadas são fornecidos por um opositor do governo no instituto. “Bom dia, @GeneralMourao. Primeiro: não faço oposição ao governo, defendo o Brasil tanto quanto voce. Segundo: não trabalho mais no INPE. Terceiro: em Ciência, quem tem cinco estrelas sou eu”, escreveu Câmara, no Twitter. Na última terça-feira (15), Mourão minimizou a gravidade das queimadas que devastam a Amazônia e o Pantanal e acusou, sem provas, um servidor do Inpe que faz oposição ao governo de divulgar dados apenas negativos. Na última terça-feira (15), Mourão minimizou a gravidade das queimadas que devastam a Amazônia e o Pantanal e acusou, sem provas, um servidor do Inpe que faz oposição ao governo de divulgar dados apenas negativos.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.