Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

O que espanta mesmo é que muita gente sequer sabe o que foi o AI-5

Ao deixar escapar a frase infeliz na entrevista à jornalista Leda Nagle, nesta quinta-feira, 31, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), deixa claro que não estudou a história recente do Brasil e sequer sabe o que foi o AI-5. O Ato Institucional Número 5, conhecido como AI-5, entrou para a história como o “golpe dentro do golpe”. Ele foi editado em 13 de dezembro de 1968, no governo do general Arthur da Costa e Silva, abrindo um período de recrudescimento da censura à imprensa e aos artistas, das perseguições e prisões políticas, das torturas e assassinatos de opositores do regime militar, além da cassação de mandatos, fechamento temporário do Congresso e da intervenção em Estados e municípios em nome da “segurança nacional”.

Repugnante

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reagiu fortemente às declarações do deputado Eduardo Bolsonaro. Em nota, Maia disse que a fala é “repugnante” e passível de punição, por ferir os princípios constitucionais.

— Manifestações como a do senhor Eduardo Bolsonaro são repugnantes, do ponto de vista democrático, e têm de ser repelidas como toda a indignação possível pelas instituições brasileiras”, afirmou –, disparou Maia.

Espanto

O que causa espanto é a ignorância que grita das redes socais. Muitos admitiram que sequer sabiam o que foi o AI-5 e que nunca tinham ouvido falar de tal ato. Em comentários de notícias das redes sociais alguns disseram que iriam procurar saber do que se tratava e outros, acreditem, até endossaram o que disse Eduardo Bolsonaro. Gente estúpida!

Cassação

Sobre a possibilidade de punição, Rodrigo Maia, disse que o filho do presidente não escapa à possibilidade de penalidade ao fazer apologia aos instrumentos utilizados durante a ditadura militar.

Anos de chumbo nunca mais

O presidente da Câmara advertiu que a  apologia reiterada a instrumentos da ditadura é passível de punição pelas ferramentas que detêm as instituições democráticas brasileiras.

—  Ninguém está imune a isso. O Brasil jamais regressará aos anos de chumbo!

Mulher de ouro

A Câmara Municipal de Manaus outorgou a Medalha de Ouro Cidade de Manaus à presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Yara Lins dos Santos. A conselheira foi a primeira mulher eleita (por unanimidade)  para presidir o tribunal.

Tribunal “machista”

Ao justificar a comenda para Yara Lins, a autora da proposta, vereadora Mirtes Sales, disse que o TCE é um “tribunal muito masculino”, por isso a homenagem é mais do que justa.

— A conselheira Yara é um exemplo para que outras mulheres entendam que elas podem chegar aonde quiserem!

Fala, Arthur

O Prefeito Arthur Virgílio participou  solenidade de outorga da Medalha de Ouro Cidade de Manaus à conselheira Yara Lins. Para ele  homenagem está revestida de muitos significados.

— Sua passagem pela presidência do TCE foi marcada pelo equilíbrio, pela conciliação –, disse Arthur, que estava acompanhado da orimeira-dama Elisabeth Valeiko.

Nº1 da transparência

O prefeito disse, ainda, ter orgulho de, na gestão de Yara Lins, ter recebido do TCE a classificação de número um em transparência pública.

— Eu tenho muita honra, porque foi justamente na gestão dela que o Ministério Público do TCE elegeu Manaus a cidade mais transparente de todo o Estado.

Bi contrário ao lixo

A Prefeitura de Parintins acaba de assinar um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) que estabelece prazo de 24 meses para que os problemas ocasionados pela lixeira de Parintins sejam solucionados. A iniciativa, para acabar com um problema crôico da ilha, sem dívida, é um ponto para o prefeito Bi Garcia.

Estamos longe

No entanto, ainda estamos muito longe da forma civilizada de tratar nosso lixo. Principalmente nas cidades do interior.

Mirem-se no exemplo

Hoje, em países da Europa, já existem lugares em que quase todo o lixo produzido é reutilizado. É o caso da  Suécia, país de 10 milhões de habitantes, localizado no norte da Europa, que recicla e reutiliza na geração de energia elétrica quase todo seu lixo.

Lá é assim

Apenas 4% do que é produzido anualmente é descartado em aterros sanitários. Ou seja, são mais de 1,5 bilhão de latas e garrafas plásticas que são recicladas todos os anos.

Tá faltando  lixo

Apesar de ser ótimo para o meio ambiente, a baixa produção de lixo tem trazido um pequeno problema para o governo da Suécia: eles estão ficando sem energia .Como a forma de produção de energia elétrica nesse país é feita a partir da queima de lixo, a baixa produção de lixo acaba sendo um “problema”. O país precisa importar algumas toneladas de lixo de outros países da Europa para manter a produção de energia. Mas que “problemão”, hein?

Proposta de Braga

Cumprindo acordo firmado com o Senado, o governo apresentou nesta quarta-feira (30) um projeto de lei que cria regras especiais de aposentadoria para profissionais expostos a alta periculosidade, como vigilantes armados e guardas-noturnos, por exemplo. O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), será o autor da proposta e senador, Esperidião Amin (PP-SC), o relator.

Rapidão

A expectativa é de que Braga apresente nesta sexta-feira (1º/11) o texto e, na sequência, o relator passe a discutir o projeto com as lideranças partidárias. 

Cavalo de pau

O senador Plínio Valério (PSDB-AM)  disse estar preocupado com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre prisão de condenados em segunda instância. Para o tucano de Eirirunepé, o Brasil se prepara para assistir o que classificou como, o maior “cavalo-de-pau jurídico” dado pelo Supremo, caso decisão seja pela inocência dos condenados em segunda instância. O Supremo marcou para o dia 7 de novembro o encerramento do julgamento, e a expectativa é que o tribunal decida pela ilegalidade da prisão após a segunda fase do processo penal.

Tempo de colher

O cirurgião Maxilofacial Facial, Cristovão Rêgo Barros foi um dos homenageados na sessão especial da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), pelo  Dia do Cirurgião Dentista. Está colhendo os frutos das sementes que plantou ao longo  de sua bem sucedida carreira. O diploma de cirurgião foi entregue pelo próprio presidente da Casa, deputado Josué Neto (PSD), autor da proposta.

Dr. Solidariedade

Com mais de 45 anos de profissão, Cristovão é um dos filhos queridos do bairro da Cachoeirinha onde se criou e mantém o consultório. Trata-se de um ser humano especial, que não exerce a profissão apenas para amealhar riquezas, mas também para ajudar aqueles que necessitam e buscam seu auxílio.

Cadê a nova política?

Nomes como Tabata Amaral (PDT-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP), Joice Hasselmann (PSL-SP) e Alexandre Frota (PSDB-SP) foram eleitos em nome da “nova polític”. Mas, até agora, o que se viu foi  muita gritaria em penario, ataques nas redes e projetos que é bom nada.

Gato por lebre

De acordo com a Carta Capital, eles ganharam destaque a partir da insatisfação coletiva das redes sociais. Nelas, ainda batem ponto diariamente, mesmo estando em falta com suas ações legislativas no Congresso.

Deputado Twitter

Aliás, quando finalmente botaram a mão na massa, muitos destes parlamentares dedicaram seu tempo para projetos distantes dos reais problemas do país, provando que o combate à corrupção e aos privilégios são mais debatidos no Twitter do que no plenário do Congresso.

Plagiadora

Antes de ser deputada federal, Joice Hasselmann fez carreira na mídia paranaense, onde trabalhou como jornalista – ainda que, mais de uma vez, tenha sido acusada de plagiar reportagens de colegas.

Espelho meu…

 Já no programa “Os Pingos Nos Is”, da rádio Jovem Pan, passou a atuar como comentarista política e a criticar fortemente a esquerda. Levou sua língua afiada para o Youtube e dobrou fama na internet, a ponto de, sem modéstia, se intitular como “a maior youtuber de política do Brasil”.

EM ALTA

As cidades de Belo Horizonte (MG) e Fortaleza (CE) entraram para o rol da Rede de Cidades Criativas da Unesco. As capitais foram reconhecidas pela entidade por basearem o desenvolvimento sustentável através da culinária e do design, respectivamente. Ao conquistar o título, as cidades têm a oportunidade de participar de projetos estratégicos em âmbito internacional e fomentar a indústria criativa local de forma sustentável e inclusiva.

EM BAIXA

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) tentou colocar panos quentes sobre as declarações do filho, Eduardo Bolsonaro, sobre uma possível volta do AI-5 para conter a esquerda. “Cobre você (jornalista) dele. Ele é independente, tem 35 anos. Se ele falou isso, que eu não estou sabendo, lamento.” O próprio Bolsonaro já fez declarações a favor da ditadura em outros momentos. O hoje presidente exaltou a memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra durante o voto pró-impeachment de Dilma Rousseff. Ustra foi apontado como um dos maiores torturadores da ditadura.

Deixe uma resposta