BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

O momento é tenso e não é hora pra 'gracinhas'


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Josué Neto (sem partido) reagiu à maledicência daqueles que tentam através de fake news vulgarizar as medidas de prevenção adotadas pelo parlamento contra o avanço do coronavírus. Na segunda-feira, 16/03, chegou a circular nas redes sociais que um funcionário que testou 'positivo' para o coronavírus estava circulando pelos corredores da Casa, criando um clima de insegurança e medo. Também são falsas as informações que tentam associar tais medidas à 'folgas' dos parlamentares e servidores, publicou a Aleam em Nota de Esclarecimento.

— É de se lamentar que, diante do perigo iminente, pessoas irresponsáveis aproveitem para produzir fakenews e informar de forma errada a população. O mundo precisa de união e a sociedade precisa ser bem informada. O momento é de prevenção –, rebateu Josué.

Orientação da OMS

Tais providências seguem orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e foram adotadas para contribuir, orientar a população sobre os riscos do contágio e inspirar medidas semelhantes às demais instituições.

Eventos suspensos

Entre as  principais medidas anunciadas pelo presidente da Aleam estão a suspensão, por 20 dias, de todos eventos coletivos que não estejam diretamente relacionados às atividades legislativas do Plenário e das Comissões.

Sessões mantidas

Mas serão mantidas as Sessões Plenárias Ordinárias, que acontecem às terças, quartas e quintas, apenas diminuindo o número de servidores dentro do plenário.

Só entra servidor

O acesso as dependências da Assembleia também será restrito aos deputados, servidores, terceirizados, autoridades e imprensa, salvo sob prévia autorização.

Velhinhos em casa

Josué Neto informou que para os servidores com mais de 60 anos, que estão dentro do grupo de risco, será facultativa a vinda à sede da Assembleia e estes e terão a opção de Home Office, quando o trabalho puder ser feito de casa. Também será pago para esse público, 50% do décimo terceiro salário já no final de março.

Omar reforça prevenção

Para atender às medidas preventivas do Senado Federal contra o coronavírus, o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), senador Omar Aziz (PSD-AM), cancelou a reunião deliberativa desta terça-feira (17).

Derrubou pauta

Na pauta, estava o projeto de lei do senador Jorginho Mello (PL-SC) que proíbe a cobrança de taxa do consumidor pela disponibilização de serviços bancários. A proposta é uma resposta à decisão do Banco Central de novembro de 2019, que permitiu que bancos cobrem tarifa do consumidor mesmo quando o limite do cheque especial não for utilizado.

Marcelo Serafim quer que merenda seja distribuída

Sem aula, sem merenda

O  vereador Marcelo Serafim (PSB) disse ontem na Câmara  Municipal que entre as medidas de contenção contra a Covid-19 a suspensão das aulas parece ser inevitável para as próximas semanas. Mas observou que as crianças muitas vezes só se alimentam nas escolas e isso é um fator social complicado que precisa ser considerado.

Direito de comer

Sarafa Jr. Alertou que, se as aulas forem suspensas estaremos evitando a propagação do Coronavírus, mas provavelmente estaremos tirando o alimento de milhares de crianças, o que provocará certamente um abalo na imunidade dessa população.

— Portanto, creio que uma das medidas possa ser a distribuição dessa merenda estocada na Seduc e na Semed, para que os alunos levem para as suas casas.

Até Jesus

O treinador do Flamengo, Jorge Jesus, realizou um exame de coronavírus e o resultado foi positivo fraco ou inconclusivo. As informações foram divulgadas pelo clube nesta segunda-feira (16). A contraprova está sendo realizada. Ainda segundo o Flamengo, o quadro de saúde é estável.

Mais um da comitiva

O Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, que foi a Miami com Bolsonaro, também está com coronavírus. A informação é do colunista de Lauro Jardim em O Globo.

O adeus de Bernardino

O Amazonas perdeu Geraldo Bernardino, engenheiro de pesca que esteve por 15 anos no comando da Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura, da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepa/Sepror), onde era bastante respeitado e fez uma legião de amigos.

Senhor da pesca

Com mais de 40 anos dedicados à Aquicultura, Geraldo Bernardino era um visionário e muito contribuiu para o Estado com  seu conhecimento na produção pesqueira.

Competência

Era conhecido nacionalmente por sua competência em desenvolver técnicas para alavancar os setores pesqueiro e aquícola na Amazônia. O governador Wilson Lima publicou nota de pesar.

Janaína arrependida

Antiga aliada (fanática)  de Bolsonaro,  a deputada Janaina Paschoal (PSL-SP) pediu a cabeça do presidente depois de fazer duras críticas em relação a postura do governo no combate ao coronavírus e principalmente a presença de Bolsonaro nas manifestações do último domingo (15).

— Esse senhor tem que sair da Presidência da República. Deixa o [vice-presidente Hamilton] Mourão que entende de defesa.

Entrega pro Mourão

Levantando o tom da voz, Paschoal advertiu que o  país está entrando em uma guerra contra um inimigo invisível.

—  Deixa o Mourão, que é treinado para defesa, conduzir a nação!

Paschoal também classificou as atitudes de Bolsonaro como “crime contra a saúde pública”, e afirmou estar arrependida do seu voto.

Janaína está arrependida

ORGULHO

Operadoras de TV à cabo anunciaram que abriram o sinal para entreter o brasileiro durante a quarentena provocada pelo coronavírus. A Claro/Net, a Sky e a Oi TV saíram na frente. O anúncio da Claro foi neste fim de semana. Em relação à TV fechada, a empresa não informou quais canais serão liberados, mas disse que a abertura de sinal começou neste fim de semana e terá validade por tempo indeterminado. A operadora Claro vai ainda conceder dados bônus de acesso à internet móvel e liberar suas redes de Wi-Fi  espalhadas por pontos como aeroportos e restaurantes.

VERGONHA

Economista e cientista político pelo Instituto de Estudos Políticos de Paris, Thomás de Barros, resume a percepção internacional sobre o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro. Thomás disse em vídeo que  “até a extrema direita tem vergonha do Bolsonaro aqui na França, ele é visto como um palhaço, um bufão, um caricato”. Segundo o economista, essa percepção no exterior vem antes da irresponsabilidade e imaturidade do último domingo, 15 de março, quando ele colocou a população do país em risco por causa do coronavírus.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.