BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Novo telhado para Câmara Municipal deve custar mais de R$ 1 milhão



O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), David Reis, dispensou licitação para contratar a empresa especializada em serviços de obras para reformar o telhado da CMM após a chuva da última segunda-feira (15). O valor a ser gasto na reforma bate a bagatela de pouco mais de R$ 1,6 milhões.

O anuncio da contratação emergencial foi publicada no Diário Oficial da CMM. De acordo com o breve despacho, que apenas se limitou a tornar público o gasto, a obra deve ser concluída dentro 60 dias.

Para a realização dos serviços, a empresa contratada foi Rio Verde Construções EIRELI.

Na terça-feira (16), o presidente da Câmara, vereador David Reis (Avante) determinou a interdição parcial do segundo andar por causa de danos ao telhado depois do temporal que atingiu Manaus durante o feriado da Proclamação da República. A decisão de interditar o espaço foi tomada depois que David se reuniu com técnicos da Defesa Civil e com o setor de engenharia da Câmara.

Denuncia de vereadores

O vereador Amom Mandel afirmou que a sua equipe jurídica deve investigar a licitação e buscar irregularidades. Dadas as circunstancias o político afirmou que levará o caso até a justiça.

“A gente tem que investigar essa licitação e ver se tudo foi regular. Caso não seja eu garanto que vamos entrar na justiça para derrubar a licitação”, declarou.

Ao menos sete departamentos ligados à diretoria geral, finanças, além do setor de controladoria geral e três gabinetes de vereadores localizados no primeiro andar sofreram danos na estrutura do forro, na parte elétrica e ainda tiveram computadores e impressoras danificados.

“A impressão que tenho é que a Câmara quer gastar por gastar”, completa em outro Amom.

A previsão é de que, durante as obras, as atividades dos setores prejudicados sejam realocadas para a sala de reuniões das comissões temáticas. O segundo andar ficará interditado até a segunda-feira (22).

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.