Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

No início da noite de terça-feira (10/9), por volta das 18h, policiais civis do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob comando do delegado Ricardo Cunha, titular da unidade policial, prenderam, em flagrante, Eliza Mara Santos Galusso, 43, por envolvimento com o tráfico de drogas na zona norte da cidade. A prisão da mulher foi efetuada na rua Tefé, comunidade Aliança com Deus, bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus. Com ela foram encontradas drogas avaliadas em R$ 60 mil, além de balanças de precisão e uma máquina de cartão de crédito.

A mulher foi apresentada na tarde desta quarta-feira (11), durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no 13º DIP. Conforme o delegado, as investigações em torno do caso iniciaram há 10 dias, a partir de uma denúncia anônima informando que uma mulher, com as características físicas de Eliza Mara, estaria armazenando e gerenciando a distribuição de drogas em uma casa, situada na comunidade Aliança com Deus.

Segundo Cunha, além da infratora armazenar, ela distribuía os entorpecentes para pontos de comercialização de drogas.  O delegado destacou que as investigações irão continuar para identificarem quem são os fornecedores dessas drogas e quem estava comercializando. Ainda segundo a autoridade policial, com o flagrante da Eliza totalizam 33 flagrantes realizados pela equipe do 13° DIP somente este ano.

Apreensão – No local foram encontrados 500 gramas de cocaína, 3.500 mil trouxinhas de oxi, três tabletes de maconha do tipo skunk, duas porções de pedra de oxi, duas balanças de precisão e uma máquina de cartão de crédito. Conforme Ricardo Cunha, as substâncias ilícitas estão avaliadas em R$ 60 mil.

Eliza Mara foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e por uso de documento falso. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio do 13º DIP, a infratora será levada para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus. Após a audiência, Eliza será levada para o Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), em razão do mandado de prisão.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.