BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Ministério Público investiga fraude de R$ 7,8 milhões no Fepesca


Na manhã desta quinta-feira, 7, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), deflagrou a operação Traíra, após constatar irregularidades em oito convênios entre o Governo do Amazonas e a Federação de Pescadores do Estado do Amazonas e Roraima (FEPESCA), entre os anos de 2009 e 2014.

Os convênios investigados tiveram o valor de R$ 850 mil, no primeiro, e de R$ 1,1 milhão nos demais. Destes valores, R$ 1 milhão eram desembolsados pelo poder público em favor da federação dos pescadores e R$ 100 mil pela FEPESCA, como contrapartida da entidade.

Justiça expediu 26 mandados de busca e apreensão a serem cumpridos na capital e em Manacapuru, na Região Metropolitana de Manaus. Nove empresas estão sendo investigadas suspeitas de fazerem parte do esquema.

O MP-AM explicou que o nome da operação faz referência a forma de atuação da organização que teria desviado recursos. “Traíra é um peixe voraz, de dentes afiados, extremamente liso e escorregadio que habita locais de água parada e com vegetação aquática abundante, configurando em uma referência ao modo de agir da quadrilha”, informou em nota.

Mais informações devem ser divulgadas durante coletiva de imprensa ainda nesta quinta-feira, 7.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.