BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Melo e Edilene só serão soltos após pagarem fiança de R$ 190 mil


Nesta terça-feira, 17/04, o Tribunal Regional Federal da 1 Região (TRF1) concedeu habeas corpus para que o ex-governador José Melo e a ex-primeira-dama do Estado, Edilene oliveira, deixem o  Centro de Detenção Provisório (CDP), onde estão presos desde dezembro.

De acordo com o advogado José Cavalcanti Junior, foi determinado o uso de dispositivo eletrônico de monitoramento e o pagamento de fiança de 200 salários mínimos, o que equivale a R$190.800,00 para cada um. “Somente após o recolhimento ou a garantia do valor da fiança é que a ordem de liberdade será cumprida, ficando ao encargo da justiça a disponibilidade para instalação do dispositivo de monitoramento eletrônico”, afirma o advogado.

CONFIRA A NOTA DISTRIBUÍDA À IMPRENSA

Cavalcanti & Romano Advogados Associados 
José Carlos Cavalcanti Junior.

Nota à imprensa:

A 3 turma do TRF 1, em julgamento nesta tarde acolheu parcialmente a ordem de habeas corpus em favor de José Melo de Oliveira e de sua esposa, Sra. Edilene Gonçalves Gomes para aplicação de medidas cautelares diversas da prisão, na forma foi pedido alternativo apresentado àquele tribunal pela defesa, sendo determinado o uso de dispositivo eletrônico de monitoramento e o pagamento de fiança, esta fixada em 200 salários mínimos o que equivale a R$190.800,00 para cada um.

Somente após o recolhimento ou a garantia do valor da fiança é que a ordem de liberdade será cumprida, ficando ao encargo da justiça a disponibilidade para instalação do dispositivo de monitoramento eletrônico.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.