BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Marklize Siqueira, do PSOL, é a vice de José Ricardo para Prefeitura de Manaus


Durante convenção, o Partido Socialismo e Liberdade (PSol) escolheu o nome da socióloga Marklize Siqueira para ser vice do candidato à prefeitura de Manaus, José Ricardo (PT). O PSOL anunciou, ainda, que terá 4 candidatos ao cargo de vereador na capital.

Marklize é representante da Bancada Coletiva do partido, que é uma proposta de ocupação dos espaços de poder por mulheres e populações minorizadas. "Nós queremos construir uma cidade diversa. Uma cidade que contemple os direitos das mulheres, das mulheres negras, das indígenas, os LGBTs, da periferia de Manaus, que precisa estar na ordem do dia. Então essas necessidades são de políticas sociais básicas, de saúde e educação, é o que nós queremos colocar e pautar nesse processo", disse.

A união da chapa vai ser oficializada durante a convenção do PT, às 9h deste domingo, onde a sigla também deve anunciar união com a Rede Sustentabilidade.

Markilze PSOL
Markilze é da bancada coletiva

Trajetória

Marklize Siqueira ou Marklize da Bancada ColetivA, 36 anos, é assistente social e Mestra em Sociologia. Nascida em Parintins, filha de família de pequenos agricultores ribeirinhos, filha da dona Maria e seu Manoel, mudou-se com a família aos 6 anos de idade em busca de melhores condições de vida e trabalho.

Aos 19 anos trabalhou como cobradora de ônibus e sempre dividiu sua vida entre militância social e estudo. Estudou em escola pública e cursou o ensino superior na Universidade Federal do Amazonas, primeiro em Ciências Sociais e depois em Serviço Social. Na sequência cursou o Mestrado em Sociologia.

Na UFAM atuou intensamente no movimento estudantil dos seus dois cursos e como pesquisadora do Grupo Inter-Ação. Posteriormente atuou como Pesquisadora no Instituto Nacional de Pesquisa na Amazônia – INPA. Foi professora no Curso de Serviço Social da Universidade Federal do Amazonas. Durante sua permanência na universidade fez uma opção radical por pesquisar o tema da Amazônia, Questão Ambiental, Políticas Socioambientais e a produção da ciência na nossa região. Atualmente está funcionária pública na Secretaria de Estado da Saúde - SUSAM. Em 2015 se filiou ao Partido Socialismo e Liberdade e se tornou a primeira dirigente nacional a representar o Amazonas nas instâncias partidárias.

Markilze vem se apresentando nas redes sociais

Foi Secretária Municipal de Mulheres e da Coordenação Estadual da Primavera Socialista Amazonas. Foi uma das organizadoras do Movimento Amanhecer por Marielle. Foi uma das organizadoras do maior movimento de rua organizado pelo movimento feminista na cidade de Manaus dos últimos anos, o #EleNão! Após coordenar diversas campanhas eleitorais e ser uma das fundadoras da Plataforma 'Esse é o Nosso Norte', neste ano de 2020 era uma das pré-candidatas a vereança pela Bancada ColetivA, um projeto feminista, antirracista e de defesa das classes populares. Sua trajetória política é marcada pela defesa das pautas do Feminismo, das Mulheres Afroameríndias, da Diversidade Religiosa, dos Direitos Humanos, da Seguridade Social, da educação pública, gratuita e socialmente referenciada. É aliada incondicional da pauta Lgbtqi+ e de ocupação das mulheres feministas nos espaços de poder.

“Não é mais possível ver tudo o que acontece na cidade de Manaus e ficar só assistindo. É chegada a hora de apostar em pessoas que são desta cidade e constroem o dia-a-dia da cidade. A política somos nós! Sou mulher, mãe, afroameríndia, feminista, professora, assistente social e socióloga. Quero ajudar minha cidade de Manaus a ser um lugar digno para se viver, que acolha a sua gente e encontre soluções concretas para mudar a vida do seu povo. Vamos derrotar o atraso e semear a esperança!”

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.