BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Marcelo Ramos no ranking “Elite Parlamentar”


Parlamentar de primeiro mandato, o vice-presidente da Câmara, o deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) volta a ser relacionado, pelo terceiro ano consecutivo, entre os parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

A Arko Advice, empresa brasileira de pesquisa de análise política – com sedes em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Nova Iorque e Londres, divulgou ontem seu relatório de 2021 e colocou Ramos no ranking “Elite Parlamentar”, composta pelos parlamentares considerados “Lideranças Formais”.

A Arko destaca a “capacidade de atuar decisivamente nos trabalhos da agenda legislativa, pelos postos formais e qualificação” de Marcelo Ramos.

Cabeça do Congresso

O deputado federal do Amazonas já foi eleito entre por três vezes entre os “Cabeças do Congresso”, ranking elaborado todos os anos Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), que ap9nta os 100 deputados e senadores mais influentes no Congresso. Ramos também esteve entre os Dez Melhores Deputados Federais de 2019 e 2020, ao receber por duas vezes o Prêmio Congresso em Foco.

Para Omar, CPI já deu!

O presidente da CPI da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD-AM), quer encerrar os trabalhos da comissão na próxima semana, com a apresentação do relatório final pelo relator, Renan Calheiros (MDB-AL).

Por mim, termino na semana que vem. Não tem mais o que ver ! – disse o palestino.

Exaustão

Outros membros da CPI estão de acordo.

E parece que é isso mesmo o que vai acontecer mesmo. Par alguns deles, a comissão já chegou à “exaustão”, apesar dos últimos depoimentos terem dado algum “fôlego”.

Não respeita nada

Em mais uma de suas declarações questionáveis sobre a pandemia , o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que a Covid-19 apenas reduziu, um pouco, o tempo de vida das vítimas acometidas com a doença.

— Muitas tinham alguma comorbidade, então a Covid apenas encurtou a vida delas por alguns dias ou algumas semanas –, afirmou o presidente.

Extrema direitaA fala foi feita em entrevista a Markus Haintz e Vicky Richter, entrevistadores antivacina alemães, no último dia 8, e publicada no Youtube nesta segunda (20).

De acordo com a Folha de S. Paulo, a dupla é ligada ao movimento de extrema-direta Querdeken, da Alemanha.

Te cuida, Dissica!

O empresário Ednaílson Rozenha, ex-presidente do Fast Clube, é pré-candidato à presidência da Federação Amazonense de Futebol (FAF). O anúncio oficial foi feito neste sábado, 25 de setembro.

Fidel Castro baré

Cotada para entrar no Guiness Book, A FAF é presidida por Dissica Valério Thomaz há 30 anos. O cartola se elegeu em 1991 e nunca mais saiu. Para os mais íntimos,

Silas ataca STF

E exemplo de Bolsonaro, o   deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), cão de guarda do presidente, também passou a atacar o Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com o líder da bancada evangélica na Câmara dos Deputados, o Tribunal desconhece a importância da presença de missionários evangélicos nas aldeias indígenas.

Na última sexta-feira (24), o  ministro Luís Roberto Barroso concedeu uma liminar proibindo missões religiosas em terras indígenas no país, alegando risco de contágio pela Covid-19.

Silas Câmara


Risco de contágio

Antropólogos e pesquisadores apontam que são cada vez mais comuns os relatos de aldeias sobre os riscos da a influência de grupos evangélicos. No atual período de pandemia, têm chamado ainda mais a atenção tentativas de religiosos de estabelecer contato com comunidades isoladas, principalmente devido ao risco elevado de contágio.

E relatos apontam até mesmo para missionários que tentam convencer famílias indígenas a não se vacinarem contra a covid-19.

“Importância estratégica”

Segundo Silas,que é amazonense, somente quem convive com indígenas no Norte do país ou no Nordeste, ou em parte do Nordeste, onde ainda existem "muitas tribos remanescentes", pode ter compreensão da "importância estratégica" das missões nestas regiões.

"O STF

ÚLTIMA HORA

ARREPENDIDOS –Bolsonaro perdeu 35% dos que votaram nele em 2018 e 23% já declaram voto em Lula

Bolsonaristas arrependidos já estão apoiando Lula

O detalhamento da pesquisa Datafolha revela um número crescente de arrependidos entre os eleitores que votaram em Jair Bolsonaro em 2018. "Em geral, se comparado com a média da população, o eleitor de Bolsonaro tem melhor avaliação do governo e responsabiliza menos o presidente por mazelas como desemprego, inflação e crise de energia. Mas uma parte se descolou do bolsonarismo e não repetiria seu voto, chegando a avaliar o governo como péssimo, a defender impeachment e a declarar escolha por Lula", aponta reportagem da Folha deste domingo."O Datafolha mostra que 24% dos que elegeram Bolsonaro querem que o Congresso analise seu impeachment. Outros 73% não querem isso.

Na população, a proporção é de 56% favoráveis e 41% contrários. 111As três questões mostram que cerca de um quarto do eleitorado de Bolsonaro agora está em terreno de oposição a ele. É próximo do montante de eleitores do presidente que declara voto em Lula, num segundo turno contra Bolsonaro — 23%. A maioria repete o voto (65%), e 12% declararam voto em nenhum, nulo ou branco", prossegue a reportagem. Ou seja: ele perdeu 35% do eleitorado.

No primeiro turno, no principal cenário avaliado pelo Datafolha, a população declara voto em Lula (44%); Bolsonaro (26%); Ciro Gomes (PDT, 9%), João Doria (PSDB, 4%), Luiz Henrique Mandetta (DEM, 3%) e branco, nulo ou nenhum (11%).

ORGULHO

As luvas do cantor Michael Jackson, apreendidas numa coleção particular do vice-presidente da Guiné Equatorial, na África Central, vão ajudar a pagar doses da vacina contra covid-19 para a população. A decisão foi divulgada esta semana pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. A luvas cravejadas de joias de Michael são avaliadas em US$ 275.000 (R$ 1,4 milhão). Elas estavam em poder do vice-presidente do país, Teodorin Nguema Obiang Mangue.

VERGONHA

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, de 39 anos, poderia ter se vacinado no Distrito Federal em 23 de julho. No entanto, ela preferiu se vacinar apenas esta semana, em uma viagem para Nova Iorque, nos Estados Unidos. A decisão de driblar a oferta de vacinas do Sistema Único de Saúde (SUS) no seu país natal foi confirmada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) nesta sexta-feira (24). "Antes de retornar ao país, [Michelle Bolsonaro] submeteu-se ao teste de PCR, obrigatório para autorização de embarque e, durante a realização da testagem, a Primeira-Dama foi indagada pelo médico se ela gostaria de aproveitar a oportunidade para ser vacinada", diz a Secom em nota. "Como já pensava em receber o imunizante, resolveu aceitar".

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus