BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Manaus inicia 2º ciclo de reabertura gradual na segunda-feira


O governador Wilson Lima apresentou, neste sábado (13), o segundo ciclo do plano de retomada gradual das atividades não essenciais em Manaus, programado para iniciar na próxima segunda-feira (15). O plano foi definido a partir do mapeamento e análise de indicadores sobre a evolução da pandemia e seus impactos, como disponibilidade de leitos e taxas de transmissão e de óbitos pelo novo coronavírus (Covid-19) em Manaus.

De acordo com o plano apresentado aos representantes dos demais poderes de Estado, a nova fase terá mais atividades que as previstas inicialmente. Estão autorizados a funcionar, neste segundo ciclo, restaurantes, cafés, padarias, fast-food e self-service para consumo no local, com lotação máxima de 50%.

Estes estabelecimentos deverão manter brinquedotecas e áreas de recreação fechadas e o funcionamento está permitido no máximo até 22h. Às 23h, não poderá mais haver clientes. Também é obrigatória a afixação, em local visível aos consumidores, de cópia do documento com os protocolos que regulamentam os procedimentos de vigilância em saúde.

Outra novidade no segundo ciclo é a inclusão de atividades esportivas individuais ao ar livre, que estarão liberadas. O governador ressaltou, ainda, que é importante que as pessoas também tenham consciência do seu papel quanto ao uso de máscaras, higienização das mãos, distanciamento social e todos os outros procedimentos que são orientados pelos profissionais da área de saúde.

Segundo ciclo de reabertura – A partir de 15 de junho

#Restaurantes, cafés, padarias, fast-food e self-service, para consumo no local, com lotação máxima de 50%, brinquedotecas fechadas e funcionamento no máximo até 22h e às 23h, não podem mais ter clientes;

#Atividades esportivas individuais ao ar livre;

#Lojas de informática, comunicação, telefonia e materiais e equipamentos fotográficos;

#Lojas de brinquedos;

#Livrarias e papelarias;

#Lojas de departamento e magazines;

#Comércio de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal;

#Lojas de eletrodomésticos, áudio e vídeo;

#Comércio de animais vivos;

#Comércio de bijuterias e semi-joias;

#Comércio especializado de instrumentos musicais e acessórios;

#Comércio de equipamentos de escritório;

#Escritórios contábeis;

#Escritórios de imobiliárias (stands de venda, não);

#Assistência técnica de eletrônicos, eletrodomésticos e demais itens;

#Bancas de jornais e revistas em espaços internos.

Os estabelecimentos comerciais devem disponibilizar, em local visível aos consumidores, cópia do documento com os protocolos que regulamentam os procedimentos de vigilância em saúde.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.