BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Mais de 600 toneladas de lixo são retiradas de rios e igarapés em Manaus


Na manhã deste domingo, 5/9, a Prefeitura de Manaus realizou o transbordo de 600 toneladas de resíduos sólidos, retirados de igarapés que cortam a capital, no porto Trairi, no bairro Santo Antônio, zona Oeste. O trabalho foi fiscalizado pelo prefeito David Almeida, que enfatizou a importância da conscientização quanto ao descarte correto de resíduos sólidos, para que esse trabalho da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) seja cada vez menor e o custo possa ser investido em outras áreas da gestão.

"Essas são 600 toneladas de lixo que iriam para o rio Negro e foram recolhidos dos nossos igarapés, pelas equipes da Semulsp. É um dos serviços mais caros da Prefeitura de Manaus. Nós gastamos aproximadamente 300 milhões por ano, só para recolher lixo. Nosso foco agora é uma campanha de conscientização para a população, para não poluirmos os rios e preservarmos nossos mananciais. Com isso, esse valor poderá ser alocado na educação, saúde, transporte, e tantas outras áreas", enfatizou o prefeito.

As 600 toneladas de resíduos sólidos foram retiradas nos últimos 30 dias de todo o encosto da orla da capital, pelas equipes da Semulsp, e transportadas até o aterro sanitário municipal, localizado no quilômetro 19, da estrada AM–010 (Manaus – Itacoatiara).

Logística reversa

A logística reversa da garrafa PET é um processo que tem como objetivo a recuperação de valor, seja econômico, legal, social, logístico, de imagem ou de prestação de serviço. Ou seja, a garrafa PET, um dos itens que mais polui o meio ambiente, pode ser utilizada de diversas maneiras, como a reciclagem, trazendo retorno para a população, e principalmente não poluindo o rio.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus