Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Maioria dos municípios do Amazonas depende exclusivamente de verba federal

Com cerca de um terço da população dependente do Bolsa Família, o Amazonas possui municípios em que a renda é obtida exclusivamente com recursos do programa de transferência de renda do Governo Federal. Os dados sobre o programa no Estado e suas particularidades estão presentes do Boletim Nº 4 que será lançado na próxima sexta-feira, 08/11, na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

A realidade e as condicionalidades dos que dependem do benefício para sobreviver serão debatidas a partir das 16h30, no Bloco C da Faculdade de Ciências Agrárias no Setor Sul.

Estarão presentes no debate representantes da Secretaria de Estado da Assistência Social, responsáveis pela gestão e monitoramento do Programa, além de pesquisadores que investigaram dados locais sobre as famílias inseridas.

A iniciativa é do projeto Atlas ODS Amazonas que, desde maio deste ano realiza o levantamento de indicadores relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, definidos pela Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas.

De acordo com o coordenador da pesquisa, Drº Henrique dos Santos Pereira, o indicador que se refere à quantidade de famílias dependentes do programa revela muito mais do que pessoas pobres em cada cidade. 

“Fizemos o levantamento dos dados entre 2010 e 2019, analisando inclusive o cenário de crise que tivemos em 2014. Encontramos os municípios que se prejudicaram com a mudança econômica, mas também alguns que se beneficiaram. Acredito que o mais importante é compreender essa realidade, difundir a informação e proporcionar aos gestores públicos e à sociedade civil meios para deliberar sobre ações e políticas que alterem a realidade encontrada”, afirmou o pesquisador.

O evento acontece paralelamente à Agroufam, feira de produção familiar que ocorre mensalmente no campus, e que nos dias 7 e 8 terá como atração principal a venda de pirarucu manejado vindo do Médio Juruá.

O projeto já realizou outro lançamento há um mês, foram debatidas as características da extrema pobreza nos municípios abordando a questão étnica, rural, etária e de gênero. Para visualizar as edições anteriores e obter mais informações sobre o Atlas, é só acessar o link https://www.atlasodsamazonas.ufam.edu.br/.

Deixe uma resposta