BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Lázaro usou perfil fake para acompanhar sua caçada na internet


O criminoso Lázaro Barbosa de Sousa usou um aparelho celular roubado de uma de suas vítimas para monitorar nas redes sociais as notícias sobre sua fuga, que já dura 18 dias. O foragido, de 32 anos, que assassinou quatro pessoas no Distrito Federal, invadiu propriedades rurais e fez reféns no entorno da capital federal e no vizinho estado de Goiás, conseguiu o telefone durante o sequestro de três pessoas de uma mesma família, no último dia 15, quando libertou as vítimas após uma troca de tiros com policiais.

Segundo as autoridades que comandam as buscas por Lázaro, após a confirmação de que o assassino ficou com o parelho de uma jovem, um monitoramento do dispositivo revelou que um perfil com o nome de Patrick Souza foi criado no Facebook. A intenção de foragido, segundo os policiais, era acompanhar as notícias sobre sua caçada veiculadas na imprensa e em perfis da rede social da região.

A pista que levou a polícia à descoberta foi o fato de o perfil fake utilizar a imagem de um helicóptero usado nas buscas em meio à vegetação do cerrado. Os dados foram cruzados com a localização por GPS do aparelho furtado e então veio a confirmação que a página do Facebook havia sido criada a partir do celular roubado e que estava sendo usado naquela área de buscas.

Em tom provocador, Lázaro chegou a postar a seguinte frase no perfil falso: “As buscas não param. Breve estará nas mãos da polícia. Não volta em viatura, volta com o IML”. A polícia ainda não divulgou informações sobre as operações de hoje (26), que seguem sendo realizadas por aproximadamente 250 policiais de diferentes órgãos de segurança.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus