BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Justiça libera distribuição da vacina de Oxford e imunização de idosos já pode começar


A juíza federal Jaiza Fraxe liberou a distribuição, em Manaus, da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, em despacho publicado no final da tarde desta quarta-feira, 27/1. Segundo documento, houve a apresentação do “plano concreto, que diz respeito as vacinas”.

“Advirto todo o procedimento está sob controle do Poder Judiciário Federal, sendo que eventuais desvios serão apurados imediatamente, de modo que deve ser feito em todo o público alvo um rigoroso controle de CPF, nome e idade (e confronto com documento de identidade com fotografia), evitando-se fraudes e peculatos de imunizante”, afirma a juíza no despacho.

Sobre os idosos em instituições, a juíza recomenda que, se não houver cadastro de "sala de vacina" do respetivo local, não podem ser eles alocados erroneamente em unidades de saúde que não correspondem à realidade, devendo ser criadas 'salas de vacinas virtuais', com localização real e registro fidedigno de doses aplicadas nos respectivos idosos. Não se pode repetir com os idosos as diversas inconsistências existentes até aqui, especialmente as da UBS Severiano Nunes”.

Semsa deve iniciar ainda nesta semana

Prazo

A secretária municipal de saúde Shadya Fraxe disse, em entrevista ao radialista Ronaldo Tiradentes, que até sexta-feira, 29/01, começa a vacinação para idosos em  pontos fixos de Manaus. "Ainda estamos ajustando alguns detalhes para apresentar à Justiça e ter acesso às doses de vacina. Com isso, já poderemos começar a vacinação", informou a secretária.

Confira o esquema que a Semsa pretende adotar para a vacinação de idos acima de 70 anos.


Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.