Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Jurados de sete estados vão julgar Caprichoso e Garantido


Parintins-AM – Dois jurados vindos de São Paulo, dois de Pernambuco, dois da Paraíba, um de Sergipe, um do Ceará, um de Minas Gerais e um da Bahia formam o grupo que desembarcou nesta quarta-feira em Parintins para escolher o melhor Boi Bumbá de 2018.

Os nomes e estados de origem de cada um, assim como os blocos que vão julgar foram divulgados no começo da noite pela comissão organizadora da disputa entre os bumbás Caprichoso e Garantido, nas noites sexta-feira, sábado e domingo, na arena do Centro Cultural Bumbódromo, na região central de Parintins, a 369 quilômetros de Manaus.

Em forma de comunicado público, a Prefeitura Municipal, através da Comissão Organizadora do 53º Festival Folclórico de Parintins, divulgou a lista das dez pessoas escolhidas para fazer o julgamento do evento folclórico.

O processo de seleção foi feito por meio da Escola de Jurados, implantada pelo Município no ano de 2017 para dar mais transparência e credibilidade à festa, considerada o maior evento folclórico do Norte do Brasil. Os jurados foram escolhidos de acordo com a escolaridade e o perfil indicado para os blocos de julgamento A (Comum/Musical), B (Cênico/Coreográfico) e C (Artístico).

Como julgadores do Bloco A vão atuar Rodrigo Eisinger, do estado de São Paulo, Teresa Cristina de Oliveira Criscuolo, do estado de Sergipe, e Wellington Bartholomeu Sampaio Mendes Junior, do Estado de Pernambuco.

Para julgar o Bloco B foram anunciados Alexandre Nepomuceno Targino, do Estado da Paraíba; Heron do Espírito Santo Sena Santana, do Estado de São Paulo, e Mirna Maria Félix de Lima Lessa, do Ceará.

O bloco C terá a atuação de quatro julgadores. Maria do Rosário da Silva, do de Pernambuco; Marta Silveira Nogueira, de Minas Gerais; Nathalie Barros da Mota Silveira, da Paraíba, e Nívea Alves dos Santos, da Bahia, foram o terceiro grupo de jurados.

Texto: Floriano Lins, de Parintins

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.