BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

"Sou independente e vou processar autores de fake news", diz Josué


A sessão plenária virtual da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) desta terça-feira, 28/04, começou com uma extensa explicação do presidente da casa Josué Neto (PRTB) em relação a alguns gastos considerados altos na contratação de buffet e carimbos referente ao ano de 2020. O parlamentar ainda falou sobre a denúncia de funcionário fantasma.

O contrato que causou polêmica foi referente ao serviço de coquetel firmado entre a assembleia e a empresa JBV Serviços de Buffet Ltda, no valor global de R$ 1,6 milhões válido por um ano. Segundo Josué, de janeiro até metade do mês de março foram pagos R$ 144,6 mil reais de buffet.

“Esses recursos são utilizados para os pagamentos de todas as vezes que a casa realiza uma Sessão Especial, uma homenagem de Título de Cidadão do Amazonas, uma medalha Ruy Araújo, os eventos que acontecem na Escola do Legislativo. Todas as vezes que acontecem este tipo de evento na assembleia legislativa na sua grande maioria são realizados coquetéis  após a realização desses eventos”, justificou Josué.

O serviço, de acordo com o parlamentar foi suspenso no dia 14 de março em razão do isolamento domiciliar dos funcionários da assembleia. Quanto ao contrato referente a fornecimento de carimbos no valor de R$ 51 mil, Josué disse que a empresa contratada  além de fornecer carimbos é responsável pela manutenção de fechaduras e chaves de todas as portas da assembleia. Segundo ele, em 2019 foram pagos a empresa menos de R$ 5 mil reais pelo serviço.

Sessões estão acontecendo online

Funcionário fantasma

Sobre a denúncia funcionário fantasma, Josué justificou como notícia falsa. A informação noticiada por vários veículos de comunicação é de que José Augusto Albuquerque de Oliveira, nomeado no dia 02 de março com cargo de confiança, não estaria exercendo a função em Manaus. Josué desmentiu a informação e disse que ligou pessoalmente para o servidor para saber se o mesmo tinha se ausentado da capital após ser nomeado, o que foi negado.

“O funcionário referido foi nomeado no início de março de 2020. Tendo como primeira e única nomeação em toda a história da assembleia legislativa. Basta procurar no próprio portal da transparência. No início de março este funcionário estava morando em Manaus e está trabalhando na assembleia legislativa”, declarou.

Independência

Josué finalizou as justificativas dizendo que se tornou um político independente ao se filiar no Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) no dia 1º de abril.

“Eu sou um político independente, eu não me considero líder político, mas eu me considero hoje um homem público independente. Eu não estou atrelado, hoje, a nenhum cacique político. Tenho a minha liberdade política, se eu errar a culpa é minha, se eu acertar o mérito são das pessoas que estão ao meu lado como presidente de um partido”, declarou.

Josué informou que vai mover ações cíveis e criminais com relação às fake news que foram publicadas contra ele.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.