BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Jornalista Mário Adolfo lança livro no Largo de São Sebastião contando história do Curumim



Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado do Amazonas, em comenda concedida na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o personagem infantil Curumim agora tem livro contando sua origem e criação. O jornalista Mário Adolfo é o autor da obra ‘O Último Herói da Amazônia’, que será lançada neste domingo, às 17h, 06/02, no Largo de São Sebastião, Centro de Manaus, durante o encerramento da 4ª edição da Semana do Quadrinho Nacional.

A obra foi contemplada no Prêmio Feliciano Lana (Lei Aldir Blanc), em edital aberto pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC), do Governo do Amazonas. De acordo com Mário Adolfo, a publicação traz a trajetória do personagem, com momentos importantes como o lançamento da cartilha educativa sobre a História do Amazonas, na Suécia, em 1988, e a participação na primeira edição da Bienal do Livro do Amazonas, em 2012, com a obra ‘Curumim conta a história do Livro’.

"O Curumim é patrimônio do Amazonas. Este livro conta a história do personagem e por isso é importante que seja lançado exatamente em um evento sobre quadrinhos. Esperamos todos no Largo neste domingo para uma sessão de autógrafos que começa às 17h e prossegue até às 19h", explica o criador do personagem.

A 4ª edição da “Semana do Quadrinho Nacional de Manaus”, evento que celebra artistas brasileiros e suas obras. Realizado desde 2019, o evento foi idealizado em comemoração ao “Dia do Quadrinho Nacional” celebrado no dia 30/1. O evento conta com duas exposições, sendo uma de artistas locais e outra de artistas nacionais, área de venda de quadrinhos produzidos no Amazonas e em outros Estados da região Norte.

Trajetória

Em sua trajetória levando informação, cultura e diversão à gerações de crianças e adultos há 38 anos, o Curumim já ganhou o mundo: foi publicado na Suécia, participou da Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro, foi mote da campanha de conscientização do Festival de Parintins e figurou na 1˚ Bienal do Livro do Amazonas.

Em 2016, o Curumim foi declarado Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado do Amazonas pela Aleam.

Mário Adolfo é um dos mais premiados jornalistas de Manaus. Ganhou o Prêmio Esso por duas vezes, em 1984 (A corrida do ouro no Amazonas) e 1997 (Expedição Quilombo).  Ganhou também o prêmio Caixa Econômica de Jornalismo Social (1995), Menção Honrosa no prêmio Ayrton Senna (2000), Prêmio Confederação Nacional da Indústria (CNI) 2014 e Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo (2016).

O jornalista tem oito livros publicados — O Dia da Abertura (1979), O Que dá Pra Rir dá Pra Chorar (1984), Curumim o Último Herói da Amazônia (1992), A,E,I, Ópera (2000), Conversa Pra Boi Dormir (2001), Meu Bloco na Rua (2008), Meu Amigo Livro (2012) e Arthur Virgílio Filho – Perfil Parlamentar (2014).

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus