BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

‘Jardins de Yoni’ lança EP nas plataformas digitais dia 1º de junho


Conectar as pessoas por meio da música. É esse o objetivo do duo Jardins de Yoni, que lança o primeiro EP (álbum digital) da carreira no próximo dia 1º de junho. “Completo pra recomeçar” chega às plataformas digitais de áudio com seis faixas autorais, escritas e produzidas por Victor Torres (guitarra e vocal) e Diego Nogueira (sintetizadores, beats e teclas). A personalidade musical da dupla é permeada por elementos que passeiam entre o moderno e o retrô, com letras que traduzem experiências reais.

Formado em 2016, o duo coleciona composições que foram aprimoradas ao longo do tempo, resultando em versões musicalmente mais maduras. As faixas selecionadas para compor o EP que apresenta a Jardins de Yoni ao grande público foram “Divalproato” (música de trabalho), “Primeira Vez”, “Saudade Repassada”, “Meio Barro, Meio Tijolo”, “Fim dos Trabalhos” e a instrumental “Mergulho Lento”.

A dupla aposta na música como aliada num momento em que as pessoas buscam formas de manter o bem-estar, diante de um cenário inesperado de pandemia. “A gente vive um momento ímpar na história da nossa geração. A música é um alento para as pessoas. Não temos a pretensão de ser o novo sucesso nacional, mas que quem ouça se sinta conectado com alguma coisa. Arte é isso. É mudar a vida de alguém por um instante, breve ou não. Que ela chegue nas pessoas certas e que as pessoas se identifiquem”, avalia Diego Nogueira.

Cenário local – Foi na cena alternativa de Manaus que tudo começou, quatro anos atrás. “Eu já tocava em uma banda autoral de rock alternativo e também em especiais de bandas. Em um desses especiais conheci o Diego e, após tocarmos juntos, mostrei umas músicas minhas no violão e perguntei se ele tinha interesse em gravar/produzir, daí surgiu a Jardins”, disse Victor.

De lá para cá, a Jardins já marcou território em palcos importantes. “Fizemos algumas apresentações, com banda e como duo, em seletivas de festivais, abertura de shows de outras bandas locais, como a Luneta Mágica e a Cardíaco; especiais no Palacete Provincial, e o Fuá, que é uma atividade cultural e gastronômica”, elencou Diego.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.