BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

IBGE abre inscrições para processo seletivo, com mais de 100 vagas no AM


O IBGE abriu nesta quinta-feira (9) inscrições para um processo seletivo complementar com 119 vagas no Amazonas. As oportunidades de emprego temporário são para trabalhar no Censo 2022, no cargo de recenseador, que é o responsável por realizar as entrevistas nos domicílios.

As inscrições vão até o dia 15/6. O candidato deve se inscrever pelo site http://www.ibge.gov.br/pss-complementar. Não há pagamento de taxa, nem realização de provas. A seleção será feita por análise de títulos. O requisito mínimo para o cargo é ter o ensino fundamental completo.

A seleção será feita por análise curricular. “Os candidatos devem preencher o formulário com os dados relativos à formação e essa análise de títulos será classificatória. Quando forem convocados, eles precisam comprovar a titulação”, explica o coordenador de Recursos Humanos, Bruno Malheiros.

O recenseador tem como principal função entrevistar os moradores durante a coleta. Como a remuneração é por produção, ela pode variar de acordo com o tempo dedicado ao trabalho e o grau de dificuldade na abordagem aos domicílios. É possível calcular uma estimativa neste simulador. A previsão de duração de contrato do recenseador é de até três meses.

As vagas

As vagas estão distribuídas entre 16 municípios amazonenses. O maior número de vagas se concentra em Manaus (104), sendo 102 destinadas a área de trabalho Manaus Leste. As demais vagas são para os municípios de Anamã, Apuí, Atalaia do Norte, Barreirinha, Boca do Acre, Careiro da Várzea, Maués, Nhamundá, Novo Airão, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã e Urucurituba.

Dentre as 119 vagas, 77 são para concorrência ampla, 16 reservadas para pessoas com deficiência e 26 para pessoas pretas e pardas.

A seleção

O candidato deverá comprovar se possui ensino fundamental completo, que vale 1 ponto; ensino médio incompleto (3 pontos), ensino médio completo (5 pontos), curso de graduação incompleto (7 pontos) ou curso de graduação completo (10 pontos). As titulações não são cumulativas e a pontuação máxima será de dez pontos.

Em caso de igualdade na nota, os critérios de desempate são, nesta ordem, candidato que tiver idade igual ou superior a sessenta anos completos até o último dia de inscrição, candidato que tiver exercido efetivamente a função de jurado e, por fim, o candidato com maior idade.

Ao todo, o IBGE deve contratar 206.891 servidores temporários para trabalhar no Censo. Dessas vagas, 183.021 são para recenseadores, que passarão por treinamento entre os dias 18 e 22 de julho. Mais de 130 mil vagas para essa função foram preenchidas na seleção realizada em abril.

Maiores informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas pelo site: https://www.ibge.gov.br/acesso-informacao/institucional/trabalhe-conosco/

Processo complementar

“O processo complementar tem o objetivo de contratar pessoal para as vagas que não foram preenchidas no processo seletivo simplificado. A diferença entre as duas seleções é que no PSS complementar há análise curricular em vez de prova e não é cobrada taxa de inscrição”, diz Bruno Malheiros.

As contratações serão efetuadas nos termos da Lei 8.745, que permite a admissão de pessoal por tempo determinado a fim de atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.