BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Hospital Platão Araújo passa a ter estrutura própria para a geração de oxigênio


Mais uma miniusina de produção independente de oxigênio medicinal entrou em funcionamento, nesta sexta-feira (05/02), em Manaus. A estrutura, doada pelo Hospital do Amor de Porto Velho, foi instalada no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, na zona leste, uma das unidades da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), considerada porta de entrada para pacientes acometidos pela Covid-19. O equipamento tem capacidade para produzir 720 metros cubicos do insumo.

Com ele, já são 20 miniusinas instaladas no estado, gerando 9.000 metros cúbicos ao dia, somadas as produções da capital e do interior.

A geração independente de O2 no Platão Araújo contribuiu para a abertura de mais 22 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na unidade hospitalar. Além deles, outros 328 leitos, entre clínicos e de UTI, serão incorporados à rede pública de saúde nos próximos dias, conforme anúncio realizado pelo governador Wilson Lima.

Além do Platão Araújo, outras instituições terão a capacidade de atendimento ampliada. São elas:  Hospital Nilton Lins, Hospital Delphina Aziz e Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) – este vinculado à Universidade Federal do Amazonas (Ufam). As ações contam com o apoio do Governo Federal.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.