BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Governo anuncia vacinação por idades mesmo sem comorbidades em todo o Amazonas


O secretário estadual de Saúde, Marcellus Campelo, anunciou, em transmissão feita no final da manhã desta sexta-feira, 28/05, que o Amazonas começará a programar vacinação por grupos de idade abaixo de 60 anos. A mudança só está sendo possível depois que esta decisão foi aprovada durante a 5ª reunião ordinária da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), que reuniu na quinta-feira gestores municipais, estaduais e federais.

O Ministério da Saúde ainda editará uma nota técnica com mais detalhes para orientar as cidades. Mas, a princípio, a orientação dada pela pasta aos estados e municípios foi de que após concluir a vacinação dos grupos de pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, trabalhadores da educação, os gestores podem iniciar a vacinação por ordem decrescente de idade concomitantemente com o restante dos últimos grupos prioritários, nos quais estão inclusos trabalhadores do transporte coletivo, caminhoneiros, trabalhadores industriais, funcionários da limpeza urbana, entre outros.

"Foi pactuada a autorização para trabalharmos a vacinação abaixo de 60 anos. Estamos fazendo os estudos para começar esta mudança. Vamos vacinar no PNI, mas também destinar um percentual das vacinas para estes grupos de idades. Este critério ainda será pactuado por Município e Estado e aí será aplicado em todas as cidades do Amazonas. Assim ampliaremos a vacinação. Primeiro os mais velhos e depois os mais novos", anunciou o secretário.

As datas ainda serão definidas.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.