BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Givancir Oliveira é preso e chamado de assassino


Policiais civis da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) cumpriram mandado de prisão temporária em nome do presidente do Sindicato dos Rodoviários de Manaus, Givancir Oliveira, investigado pelo envolvimento no homicídio de Bruno de Freitas Guimarães, que tinha 24 anos, e da tentativa de homicídio de uma travesti, conhecida por Thelci. De acordo com o depoimento de Thelci (Delisson), o caso aconteceu  no último sábado, 28, na comunidade São Sebastião, em Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta da capital). As informações são do Amazonas 1.

A ordem judicial, com prazo de 30 dias, foi expedida hoje pela Justiça. De acordo com o delegado Geraldo Eloi, titular da 31ª DIP, o mandado foi cumprido na sede da unidade policial, enquanto Givancir Oliveira estava prestando declarações em torno da ocorrência, na noite desta segunda-feira, 02/03.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Manaus se apresentou espontaneamente na delegacia nesta tarde, acompanhado de um advogado. O delegado destacou que na ocasião do delito, um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para apurar as circunstâncias do fato, bem como elucidar o crime.

Eloi informou que ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, Givancir Oliveira foi conduzido para uma unidade policial da capital, por questões de segurança, onde irá ficar custodiados. O titular da 31ª DIP ressaltou, ainda, que as investigações em torno do caso seguem em andamento.

Um vídeo compartilhado nas redes sociais, mostra o momento em que Givancir é escoltado para a viatura da Polícia Militar. Populares gritam “assassino” e palavras de baixo calão feitas.

CONFIRA:

Fonte: Amazonas 1

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.