BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Garantido recorrer à garra e emoção para superar problemas internos


Parintins (AM) - Na terceira e última noite do 55º. Festival Folclórico de Parintins, o boi bumbá Garantido usou as duas mais poderosas armas, para tentar reverter a “morna” apresentação da segunda noite: a garra e a emoção.

Pela toada escolhida para o boi entrar na arena - “Nasci pra ser vermelho” -, já dava para perceber que a noite seria do “tudo ou nada”. A própria presença do levantador de toadas, Sebastião Jr., demonstrava que o Garantido tentava apagar o “incêndio” causado pela notícia de que o cantor deixaria o boi. Sebastião anunciou sua saída, no domingo (26), durante a passagem de som.

Sebastião Jr anunciou sua saída do Garantido como levantador de toadas | Foto: Divulgação/Secom

Logo no início da apresentação, o amo do boi, João Paulo Faria, que estreava no cargo neste festival 2022, passou mal logo depois da primeira participação e teve que ser socorrido por auxiliares de arena do boi.

O Garantido também fez uma homenagem a um de seus ícones, Paulinho Faria, ao colocar na arena um barco regional com o nome do lendário apresentador do boi. “Meu ídolo, aquele que criou a nossa contagem”, lembrou o sucessor Israel Paulaim.


O que deu pra perceber que, por conta da pandemia, o Garantido andou enfrentando problemas internos, e que só pode contar com a iluminação cênica na última noite. O recurso técnico foi cancelado nas duas primeiras apresentações por falta de pagamento.

Para camuflar esses contratempos que o bumbá colocou toda sua garra e inflamou sua torcida, que fez a arena tremer e não parava de cantar. A ponto de atrair para o seu espaço o apresentador Israel e levantador de toadas Sebastião Jr., que subiram nas arquibancadas e cantaram no meio do povo vermelho.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.