Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Casos de Doença de Chagas no AM podem estar ligadas ao açaí


A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), recebeu, na última sexta-feira (29), a notificação de dois casos confirmados e mais dois suspeitos de Doença de Chagas Aguda de Transmissão Oral procedentes do município de Lábrea (a 702 quilômetros a sudoeste de Manaus).

Os dois pacientes com diagnóstico confirmado fazem acompanhamento ambulatorial na Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), em Manaus. A FVS-AM e a Secretaria Municipal de Saúde de Lábrea (Semsa-Lábrea) investigam se a doença foi contraída por meio do consumo de açaí contaminado.

Além de apresentarem os mesmos sintomas dos pacientes com diagnóstico já confirmado, as duas pessoas com suspeita da doença também relataram histórico de ingestão de açaí recentemente. Elas estão sendo acompanhadas pelas autoridades locais de saúde.

A Doença de Chagas Aguda de Transmissão Oral é uma doença infecciosa grave, causada por um protozoário conhecido por Trypanosoma cruzi, que é transmitido pela ingestão de alimento contaminado com os parasitas presentes nas fezes dos insetos vetores, chamados de barbeiros.

 

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.