BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Francisco Deodato, ex-secretário de Saúde de Amazonino, será convocado pela CPI da Saúde


Durante reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Saúde nesta terça-feira, 4/8, o deputado estadual Delegado Péricles (PSL) solicitou a convocação do ex-secretário da Secretaria Estadual da Saúde do Amazonas (Susam) Francisco Deodato para prestar esclarecimentos de gastos da pasta em sua gestão. Deodato ficou na chefia da Susam durante gestão do então governador Amazonino Mendes.

O presidente da CPI da Saúde resolveu propor a convocação de Deodato durante reunião que ouvia a ex-secretária executiva do Fundo Estadual de Saúde, Maria de Belém Martins Cavalcante. Isso porque Francisco Deodato era o secretário na época quando o setor financeiro da Susam chamou a ex-secretária executiva para assinar processos indenizatórios antigos que já haviam sido pagos para arquivamento, mas não tinham assinatura de Maria Cavalcante. Porém, ela não era mais secretária executiva e não tinha poderes para esse tipo de ato.

Deputado estadual Delegado Péricles na CPI da Saúde
O deputado estadual Delegado Péricles (PSL) solicitou a convocação do ex-secretário 

“Vamos colocar um requerimento de minha autoria para chamar a senhora Priscila e o senhor Deodato para que prestem esclarecimentos sobre esses fatos de arquivamento de processos de gestões anteriores”, disse o deputado Péricles durante reunião que ouviu gestores da gestão do ex-governador David Almeida, ligados à contratação da empresa Norte Serviços.

Francisco Deodato é considerado pessoa de confiança do Amazonino Mendes e assumiu em outubro de 2017 a Susam durante mandato tampão. Chegou a deixar o cargo para atuar na campanha de Amazonino Mendes nas eleições de 2018, quando Mendes tentava se reeleger.

Resposta

O ex-secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, informou que Maria Belém Cavalcante, que prestou depoimento nesta terça-feira, dia 04 de Agosto, à CPI da Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), não fez parte da administração dele na Susam.

Maria Belém foi secretária executiva da administração anterior, na gestão do então ex-governador David Almeida. E, conforme ela mesma destacou em depoimento, nunca teve contato com ele ou com o secretário executivo de sua administração, Orestes Melo.

Deodato ressaltou, ainda, que está à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Fonte: Portal Toda Hora

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.